Cidades Terça-Feira, 25 de Novembro de 2014, 09h:34 | - A | + A

Juíza determina suspensão do processo de aposentadoria de Bosaipo

Ericksen Vital

bosaipo_stj1O Tribunal de Contas do Estado (TCE) deverá suspender possível abertura do procedimento administrativo de aposentadoria do conselheiro Humberto Bosaipo, que esta afastado da função por determinação do Superior Tribunal de Justiça (STJ) desde março. A decisão é da juíza da Vara de Ação Civil Pública e Ação Popular de Cuiabá, Célia Regina Vidotti.

Bosaipo já anunciou aposentadoria, e daria lugar a alguém indicado pela Assembleia Legislativa. O mais cotado é o atual suplente de deputado Gilmar Fabris (PSD). No entanto, o nome dele tem sido rejeitado por servidores e autoridades ligadas ao Judiciário, que consideram que ele não teria "vida ilibada", um dos requisitos para investidura no cargo.

A magistrada concedeu a liminar diante da possibilidade da ocorrência de danos de difícil reparação, atendendo ao pedido formulado pelo Ministério Público Estadual (MPE). Vidotti destacou que existem uma série de processos de improbidade que Bosaipo responde, ainda referente à época em que ele presidiu o Legislativo Estadual, e um até pedindo a anulação da sua posse. Além disso, informações de bastidores dão conta que o conselheiro responde a pelo menos outros 19 processos no STJ, por ter foro privilegiado. Mas sua saída poderia "recomeçar" os processos. As informações são do site FolhaMax.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet