Coluna do Antero Segunda-Feira, 04 de Setembro de 2017, 11h:20 | - A | + A

ABSOLVIÇÃO GERAL

José Adolfo defende deputados citados na delação de Silval e confirma Dilmar na liderança do governo

Antero Paes de Barros

 

Existe um ditado popular que diz: “ou permaneças calado ou digas coisas que valham mais que o silêncio”. Definitivamente, o atual secretário da Casa Civil, José Adolfo, investigado no caso dos grampos telefônicos, não é adepto dessa tese.

 

Em entrevista ontem ao repórter Paulo Coelho do Jornal da Capital, José Adolfo teve a oportunidade de defender todos os deputados citados na delação de Silval Barbosa, invocando para isso, o princípio constitucional da presunção de inocência. Realmente, não há nenhum condenado, nem denunciado ainda, mas os fatos são graves demais para merecer absolvição tão rápida de José Adolfo.

 

O secretário da Casa Civil não parou por aí. Disse que Dilmar Dal Bosco, também citado na delação deve permanecer na liderança do governo.

 

Ah e tem mais. José Adolfo disse que a delação de Silval pode ser anulada.

 

Comentário meu: A que ponto chegamos. O Chefe da Casa Civil do governo de transformação dá a entender que o correto é anular a delação de Silval. Não levar em conta o que Silval denunciou é querer jogar a corrupção debaixo dos tapetes. Cale a boca, Zé Adolfo!

 

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet