Política Sábado, 12 de Janeiro de 2019, 07h:00 | - A | + A

ESCÂNDALO DOS MAQUINÁRIOS

Justiça homologa delação premiada de Pérsio Briante

O escândalo dos maquinários já havia sido denunciado pelo ex-senador e ex-governador de Mato Grosso Pedro Taques

DA REDAÇÃO

 

Apesar de ter segurado o processo e, posteriormente, ser cobrado pelas autoridades por retardar o posicionamento sobre a colaboração premiada de Pérsio Briante, o promotor João Gadelha devolveu o processo para a 7ª Vara Criminal de Cuiabá e manifestou-se pela não homologação da delação do empresário.

 

O empresário Pérsio Briante foi o responsável por delatar ao Ministério Público (MPE) crimes de fraude à licitação e fraude processual. A denúncia era de que houve um suposto superfaturamento de R$ 44 milhões durante a aquisição de 705 máquinas, em 2009, pelo governo do Estado, então comandado por Blairo Maggi.

 

O juiz Marcos Faleiros, da 7ª Vara, que considerou os fatos excessivamente graves, pediu uma nova manifestação do Ministério Público e, desta vez, o processo foi distribuído para o promotor Mauro Zaque, que aceitou a delação de Pérsio e encaminhou para Faleiros.

 

Diante dos novos fatos, Marcos Faleiros homologou a delação, o que deve trazer sérias preocupações jurídicas para o ex-ministro da Agricultura Blairo Maggi e outras autoridades.

 

O escândalo dos maquinários já havia sido denunciado pelo ex-senador e ex-governador de Mato Grosso Pedro Taques (PSDB), que usou o bordão de “MT 100% equipado e 20% roubado”. É isso que será julgado.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet