Política Terça-Feira, 12 de Junho de 2018, 11h:14 | - A | + A

ELEIÇÕES 2018

Mauro Mendes quer candidatura bem pensada e construída em conjunto com partido

Na visão de Mauro Mendes, um dos principais pontos a serem trabalhados para a campanha será o lado econômico

JULIANA GROU

ESPECIAL PARA REDAÇÃO

 

O ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (DEM), colocou o nome dele a disposição do partido para começar as tratativas para lançar a campanha dele ao governo do Estado. A decisão veio na noite de ontem (11), após análise de pesquisa encomendada pelo Democratas sobre a viabilidade de uma candidatura da sigla ao cargo de governador.

 

Mauro disse que a construção de sua candidatura será em conjunto com o partido e reforçou que não será algo fácil a ser feito, mesmo que o Democratas tenha dois bons nomes para a chapa majoritária das eleições de outubro. A candidatura ao Senado de Jayme Campos também será trabalhada pelo partido.

 

"Eu estou disposto a construir isso com o partido, não depende só de mim. Uma decisão de uma candidatura não é algo que se faz sozinho, não é algo que se faz só com o seu próprio partido, então nós definimos aqui, começar a construir essa viabilidade", disse Mauro.

 

Na visão de Mauro Mendes, um dos principais pontos a serem trabalhados para a campanha será o lado econômico. Pelas novas regras eleitorais, o teto de gastos de uma campanha de Governo poderá variar de R$ 2,8 milhões a R$ 21 milhões e será definido de acordo com o número de eleitores de cada unidade da federação.  

 

"Você tem que ter a viabilidade econômica porque toda campanha tem um orçamento, ela tem um custo, nós precisamos saber da onde virão esses recursos. Não dá mais para entrar numa eleição, sair assumindo um monte de compromisso e ficar com resto de campanha pra pagar, pra incorrer nos mesmos erros que tantos aí incorreram ao longo da história política do Brasil e de Mato Grosso", avaliou o ex-prefeito.

 

Mauro deixou claro sobre o que espera da construção de sua candidatura e não deixou de cutucar a atual gestão de Pedro Taques. "Muitas coisas tem que ser feitas de forma diferente. E fazer de forma diferente é olhar pra uma eleição com a responsabilidade que ela tem que ter nesse momento diferente. Tem que ser muito bem pensada [a candidatura], muito bem construída, pra poder, se entrar, entrar com a consciência daquilo que pode ser feito, que você tem viabilidade realmente de fazer, e construir lá na frente um resultado melhor do que tá aí colocado", finalizou.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet