Caldeirão Político Segunda-Feira, 28 de Outubro de 2019, 03h:47 | - A | + A

Argentina

A esquerda de volta ao poder

Agência Estado e Associated Press

 

O peronista Alberto Fernández venceu as eleições presidenciais na Argentina em primeiro turno com 48,1% dos votos O atual presidente, Mauricio Macri, obteve 40,4% da preferência eleitoral. Pelas regras eleitorais do país, se um candidato obtiver mais de 45% dos votos, não há necessidade de segundo turno.

 

Os dados são da autoridade eleitoral argentina e refletem o momento em que 98% das urnas já haviam sido apuradas, na madrugada desta segunda-feira, 28.

 

No domingo, 27, à noite, ainda no início da apuração, Macri reconheceu a vitória do rival, que tem como vice a ex-presidente Cristina Kirchner.

 

Uruguai terá segundo turno com governista de esquerda enfrentando aliança de direita

 

O candidato governista Daniel Martinez, da Frente Ampla, vai disputar o segundo turno das eleições presidenciais uruguaias contra Luis Lacalle Pou, do Partido Nacional. No pleito do domingo, 27, Martinez obteve 38,6% dos votos, contra 28,2% de Lacalle Pou. Os dados são da Corte Eleitoral do país, referentes ao momento em que 96% das urnas já haviam sido apuradas, na madrugada desta segunda-feira, 28.

 

Para tentar evitar a quarta vitória seguida da esquerda no Uruguai desde 2005 - já foram duas com o atual presidente, Tabaré Vázquez, e uma com José Mujica -, Lacalle Pou deverá formar uma aliança com Ernesto Talvi, do Partido Colorado (que obteve 12% dos votos) e com Guido Manini, do Cabildo Abierto (10%).

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet