Caldeirão Político Terça-Feira, 24 de Março de 2020, 06h:40 | - A | + A

Salvar vidas

Coronavírus deixa povos indígenas em alerta

Lideranças pedem à OMS que envie testes para a doença e cobram mais médicos do governo federal. Portaria publicada em meio à crise da doença permite contato com índios isolados.

GIL ALESSI - EL PAÍS

 

A pandemia de coronavírus promete ser mais um teste de resistência para os povos indígenas brasileiros, que além da falta de anticorpos para uma nova doença, também enfrentam um quadro de problemas estruturais no atendimento de saúde. O sucateamento da Secretaria de Saúde Indígena (Sesai), ligada ao Ministério da Saúde e responsável pelo atendimento de mais de 765.000 indígenas no país, já vem sendo denunciado desde o ano passado por entidades indigenistas. Agora, em tempos de pandemia, estes problemas podem impactar de forma dramática a situação desta população. Em nota publicada na sexta-feira, a Articulação dos Povos Indígenas do Brasil, a Apib, cobrou medidas do Governo para evitar uma tragédia entre os indígenas neste momento de pandemia. De acordo com a Sesai, até este domingo foram registrados dois casos suspeitos na população indígena, mas eles foram posteriormente descartados.

 

A Apib também pediu a distribuição de kits para teste de coronavírus. “Na ausência de vontade política do atual Governo em elaborar um Plano de Contingência para Surtos e Epidemias, considerando as especificidades dos nossos povos, o seu modo de vida comunitário (...) requeremos dos organismos internacionais, principalmente da Organização Mundial de Saúde (OMS) e da Organização Panamericana de Saúde (OPAS) a disponibilização de testes em caráter especial e de urgência para as unidades de saúde indígena”, diz o texto.

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet