Caldeirão Político Quarta-Feira, 30 de Setembro de 2020, 12h:27 | - A | + A

Faiad mobiliza OAB para impedir apuração de crimes de Emanuel

Da redação

Uma instituição do porte da OAB enrolada pelos argumentos do prefeito Emanuel Pinheiro, que utilizou a direção nacional do partido, para fazer com que a instituição usasse seu prestigio para impedir a apuração dos crimes pelos quais é acusado, pela Delegacia de Combate à Corrupção. Emanuel Pinheiro foi flagrado em vídeo recebendo propina de Silvio, chefe de gabinete de Silval Barbosa, foi delatado por Silval e Silvio que confirmaram que o dinheiro que caiu do paletó era propina mensal paga ao então deputado estadual. Além disso está há quatro anos na Decor e Delegacia Fazendária, o processo da Caramurú, denunciado por Wilson Santos e que Emanuel deseja que o Estado não faça nada, pois se não, será perseguição política. Não bastassem essas acusações, Emanuel Pinheiro ainda foi delatado por José Riva, por ter recebido propina na Assembleia Legislativa, durante todo o seu mandato.

 

Com tanta informação já sendo de conhecimento público, Emanuel recorreu à cúpula do MDB nacional, que encaminhou o assunto à OAB nacional - pasmem - para que Emanuel não seja fiscalizado.

 

É bom destacar que Faiad, presidente do MDB de Cuiabá, tem muita influência na OAB/MT e agora movimenta a instituição para defender Emanuel e, quem sabe, com isso, fazer com que os crimes dos quais é acusado prescreva.

 

É triste ver uma instituição desse porte colocar-se em defesa da não apuração dos crimes de Emanuel. Leiam a manifestação do atual presidente Leonardo Campos, um dos grandes amigos de Faiad na instituição:

 

“Recebemos, por delegação da OAB Nacional, pedido do MDB Nacional para que os fatos denunciados pelo Prefeito Emanuel fossem acompanhados pela OAB/MT. Diante disso, solicitei informações da Assembleia Legislativa sobre as providências que ela tomou até o momento. Da mesma maneira, encaminhei todos os fatos narrados pelo prefeito [Emanuel Pinheiro] ao Ministério Público (MP) para que eles possam tomar as providências cabíveis, sendo possível a instauração de uma investigação ou uma oitivas dos dois delegados”, disse.

 

Entenderam? A OAB ameaça processar os delegados se continuarem apurando os crimes atribuidos a Emanuel.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet