Caldeirão Político Quinta-Feira, 26 de Março de 2020, 06h:50 | - A | + A

Crise do coronavírus

Governador desafia presidente a assumir o risco de mortes em massa

Da Redação

 

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), afirmou nesta quinta-feira (26), em entrevista à Rádio CBN, que o presidente Jair Bolsonaro tem que colocar “no papel e assinar” as medidas que ele defende de relaxamento do isolamento social, contrariando a orientação da Organização Mundial de Saúde (OMS), que aponta esta ação como ponto central de combate a pandemia do coronavírus. 

 

“Não basta falar em cadeia nacional, usar twitter, instagram. Tem que assumir as responsabilidades, tem que assinar decretos”, afirmou o governador carioca. 

 

O governador Witzel ressaltou que presidente Bolsonaro não pode ficar apenas no discurso e na bravata. “Ele coloca no papel e assina, assumindo a responsabilidade caso haja mortes em massa no país por causa do fim do confinamento”, disse.

 

Wilson Witzel disse ainda que os governadores brasileiros estão unidos e trabalhando em conjunto. Ele lamentou que o governo federal não tome as medidas na prática para ajudar os estados neste momento.

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet