Caldeirão Político Sábado, 07 de Dezembro de 2019, 05h:40 | - A | + A

Meio Ambiente

Mato Grosso não pode ficar fora da pauta mundial

Da Redação com El País

 

Os diversos segmentos sociais de Mato Grosso, públicos e privados, precisam colocar na agenda discussões públicas, com mais ênfase e eficácia, a questão ambiental. Estar fora do radar dos debates nesta área implicará em perda de condições no mercado internacional, uma tragédia para a economia do estado, e das próprias condições da qualidade de vida da população. O debate é mundial mas a lógica é local: como o estado se insere neste cenário e qual imagem vende para o mundo além de soja, carne e algodão.

 

A importância da pauta ambiental pode ser constatada no acontecimento desta sexta-feira (6/12) em Madri. Milhares de pessoas saíram às ruas nesta sexta-feira em Madri para exigir que os líderes políticos ajam contra o aquecimento global. Os manifestantes uniram sua voz à dos cientistas que alertam há anos através de seus relatórios que as emissões de gases de efeito estufa decorrentes das atividades humanas levam a um aquecimento global que terá duras consequências.

 

Para a capital da Espanha, que acolhe até 13 de dezembro a Cúpula do Clima da ONU —conhecida como COP25—, a manifestação maciça significou uma explosão extraordinária de reivindicações climáticas. Para a jovem ativista Greta Thunberg, promotora de um movimento global de protesto contra o aquecimento e a falta de ação dos Governos, foi mais uma sexta-feira de protesto depois de uma longa travessia desde os EUA. E, novamente, rodeada por milhares de pessoas, como acontece com ela há muitos meses. A ativista, finalmente, não conseguiu completar o percurso caminhando por causa do grande afluxo de gente, embora tenha participado do ato final. “Os líderes estão nos traindo. Já chega”, lamentou Thunberg no fim da manifestação, no palco que foi montado. “A mudança vem, quer vocês gostem ou não”, acrescentou a respeito da pressão sobre os presidentes vinda das ruas.

 

Resumo da ópera: o ativismo em defesa do meio ambiente fica cada vez mais forte na medida em que as autoridades se omitem ou ignoram as evidentes consequências da escalada da poluição. Essa dissonância representa uma fonte de protestos populares tão forte quanto os protestos contra as desiguldades sociais.

 

Com a palavra, autoridades e sociedade. Como esse debate deve ser conduzido em Mato Grosso? 

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet