Caldeirão Político Terça-Feira, 24 de Março de 2020, 16h:36 | - A | + A

Exército contra o vírus

Militares ignoram presidente e vão às ruas combater coronavírus

Da Redação

Enquanto o presidente Jair Bolsonaro, comandante chefe das Forças Armadas, considera um exagero as medidas adotadas pelos governadores para combater a epidemia de coronavírus e trata a doença como uma “gripezinha”, militares do Exército foram às ruas de Brasília para fazer um trabalho de desinfecção. Na madrugada de segunda-feira, 23, militares especializados em defesa química, bacteriológica, radiológica e nuclear fizeram a desinfecção da rodoviária do Plano Piloto, no centro da cidade. Ponto de partida das linhas urbanas de ônibus, circulam diariamente pela rodoviária cerca de 700 mil pessoas.

 

O trabalho de desinfecção foi resultado de um encontro entre integrantes do Comando Conjunto do Planalto, formado por Exército, Marinha e Aeronáutica, e secretários de Saúde e de Segurança do Distrito Federal. As ações poderão se repetir no Triângulo Mineiro, em Goiás e no Tocantins. “As Forças Armadas vão oferecendo seu contributo para proteção à sociedade, à família brasileira, a todos nós, nesse momento difícil, que vai passar”, afirmou o General de Brigada, Marco Aurélio de Almeida Rosa.

 

Depois que pesquisas de opinião pública mostraram que a população discorda de Bolsonaro e considera a epidemia do Covid-19 muito grave, os próprios militares parecem não concordar com o presidente. A atuação do Exército em atividades de desinfecção não consta na lista de providências contra o coronavírus apresentada por Bolsonaro após a reunião que teve, online, no domingo, 22, com prefeitos de capitais.

 

 

VÍDEO

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet