Caldeirão Político Quarta-Feira, 25 de Março de 2020, 14h:47 | - A | + A

EFEITO CORONAVÍRUS

Prefeito prevê queda de 80% na arrecadação e usa verso para lamentar

da Redação

O prefeito de Cáceres, Francis Maris (PSDB), está preocupado com o caixa do Poder Executivo para pagar as contas no mês de abril diante das restrições impostas para conter a contaminação do novo coronavírus. O prefeito já prevê uma queda drástica na arrecadação do município, que está localizado a 220 km de Cuiabá. "A arrecadação vai cair 50% em abril e 80% em maio. Esta é a realidade”, contabilizou Francis Maris, que disse que ainda tem dinheiro para pagar os salários de março.

 

O município tem três casos suspeitos do novo coronavírus. Os pacientes estão em quarentena aguardando o resultado dos exames.

 

Em verso, enviado por meio do aplicativo de mensagens whatsApp, o prefeito ilustra o que prevê no futuro próximo: 

 

“Se não trabalhar não produz 

Se não produzir, não vende

Se não vender, não arrecada impostos 

Se não arrecadar impostos, não terá repasse do duodécimo 

Se não pagar duodécimo, não terá pagamento salários a funcionários públicos 

Se não pagar funcionários públicos, não farão compra de alimentos 

Se não se alimentarem, vamos morrer todos”.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet