Caldeirão Político Domingo, 31 de Maio de 2020, 08h:10 | - A | + A

FRAQUEZA POLÍTICA

Sem poder civil, presidente enche o governo de militares

Da Redação

Nota do site O Antagonista destaca o levantamento feito pelo jornal o Estado de São Paulo. O presidente Jair Bolsonaro tira dos quartéis e coloca no governo milhares de militares. É o exemplo de um presidente fraco, sem poder civil. Ele precisa se escorar no Exército e nos seus cães digitais, seu fiéis seguidores nas redes sociais, que não representam a maioria da sociedade. Nas redes, as mensagens de ódio e ataques aos adversários. No governo, a caneta para nomear militares sem parar. Para as Forças Armadas, esse papel aderente ao governo certamente traz desgastes para a imagem da instituição junto à população, conforme destaca o site:

 

Uma “enorme” conta a pagar pelas Forças Armadas

 

Militares da ativa já ocupam quase 3 mil cargos no Executivo.

 

Um levantamento do Estadão mostra que são 1.595 do Exército, 680 da Marinha e 622 da Força Aérea Brasileira.

“As Forças Armadas já preveem que terão uma ‘enorme’ conta para pagar ao fim do mandato do presidente Jair Bolsonaro pela presença de militares na cúpula e na base do governo.

 

Em conversas nos quartéis e gabinetes de Brasília, oficiais admitem que a nova incursão na política, após 35 anos do fim da ditadura militar, trará desgaste à imagem da instituição e temem perder a credibilidade duramente reconquistada por causa do envolvimento com o governo e a perspectiva de seu naufrágio.”

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet