Em Destaque Sábado, 01 de Agosto de 2015, 09h:37 | - A | + A

SEFAZ

Mutirão Fiscal supera expectativas e negocia R$ 207,5 mil

O Mutirão Fiscal 2015 foi uma iniciativa do Governo do Estado em parceria com o Poder Judiciário e a Prefeitura de Cuiabá

Da Assessoria

Multirao Fiscal

 

O primeiro Mutirão Fiscal 2015 superou as expectativas e alcançou R$ 207,5 milhões em negociações de débitos tributários estaduais e municipais durante três semanas de atendimento. Desse total, R$ 142,6 milhões foram negociados pela Secretaria de Fazenda de Mato Grosso, outros R$ 39,1 milhões pela Procuradoria Geral do Estado e R$ 25,8 pela Prefeitura de Cuiabá. Os atendimentos foram realizados de 13 a 31 de julho, das 8h às 18h, na Arena Pantanal. 

Para se chegar a esse montante, a Sefaz firmou 13.901 acordos, incluindo tanto o atendimento presencial na arena quanto as negociações feitas via internet pelo portal da secretaria. Já PGE e prefeitura fizeram 2.005 e 7.950 acordos, respectivamente. No total, 23.856 mil acordos foram consolidados pelo mutirão. 

O secretário de Fazenda, Paulo Brustolin, afirma que os números ultrapassaram as expectativas do Governo do Estado. “Minha avaliação é extremamente positiva, pois superamos a expectativa e cumprimos um compromisso feito com o governador Pedro Taques. Os cidadãos que tinham débitos puderam negociar suas dívidas e aproveitar os descontos e condições especiais de pagamento para ficar em dia com o Fisco”, pontua. 

Para ele, o resultado não só demonstra a seriedade do Governo do Estado como também a confiança da população no que se refere à destinação dos recursos para áreas essenciais, como saúde, educação e segurança pública. “Também agradecemos a dedicação e participação de todos os parceiros que contribuíram para o sucesso desse primeiro mutirão, como entidades, empresas e população”, completa o secretário. 

O procurador do Estado, Romes Júlio Tomaz, também avaliou positivamente os números obtidos pela PGE e garante que a iniciativa deveria ser colocada tanto na programação da Sefaz quanto na da Procuradoria. “O mais importante é disseminar a cultura da negociação, da possibilidade de se fazer um acordo e regularizar a situação. Para isso unimos forças e proporcionamos essa oportunidade para os contribuintes”, ressalta. 

O Mutirão Fiscal 2015 foi uma iniciativa do Governo do Estado em parceria com o Poder Judiciário e a Prefeitura de Cuiabá. A coordenadora-geral do mutirão, juíza Adair Julieta da Silva, reforça que as expectativas foram superadas nesta primeira edição e que além das negociações proporcionarem a baixa processual, também promoveram o resgate da cidadania tributária. “A população atendeu ao nosso chamado e compareceu, exercendo sua cidadania tributária e fazendo sua regularidade fiscal, então o resultado disso tudo foi extremamente positivo”, completa.

VÍDEO

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet