Economia Terça-Feira, 29 de Setembro de 2020, 17h:01 | - A | + A

NA CONTA

Governo do Estado paga salários dos servidores nesta quarta

A folha de pagamento líquida no mês de setembro foi de R$ 492.989.894,85.

Da Redação

Com assessoria

Sefaz/MT

Banco do Brasil

 

Depois de quatro anos, os servidores públicos estaduais voltam a receber seus salários dentro do mês trabalhado. Nesta quarta-feira (30), os salários e proventos relativos ao mês de setembro estarão disponíveis nas contas dos servidores. 

 

A última vez que isso ocorreu foi em setembro de 2016. A partir daquele mês os salários passaram a ser pagos até dia 10 do mês seguinte. Em razão da crise econômica vivida pelo Estado, o pagamento da folha salarial chegou a ser escalonado. Essa fórmula durou até dezembro do ano passado. 

 

Em janeiro deste ano o governo divulgou um calendário com datas do pagamento dos salários dos servidores. Na época da divulgação do calendário, o governador afirmou também que a meta era chegar no final do ano com os salários sendo pagos dentro do mês trabalhado.

 

Segundo o secretário de Fazenda, Rogério Gallo, isso está sendo possível em razão da gestão responsável implantada pelo governador Mauro Mendes e sua equipe e à disciplina fiscal de se gastar menos do que se arrecada. Com isso depois de 10 anos no vermelho, gastando mais do que se arrecadava, o Estado fechou suas contas de 2019 com superávit.

 

“Depois de 10 anos, fechamos 2019 gastando menos do que arrecadamos. Isso permitiu que, após quatro anos, voltássemos a pagar o servidor no mês trabalhado. E a partir de agora o Governo cada vez mais passará a entregar obras e serviços ao cidadão”, disse Rogério Gallo, que é secretário de Fazenda desde janeiro de 2018.

 

Economia aquecida

 

Com o pagamento dos salários e proventos aos servidores o governo está injetando na economia estadual quase R$ 500 milhões. A folha de pagamento líquida no mês de setembro, segundo a Secretaria Adjunta do Tesouro Estadual da Secretaria de Fazenda, foi de R$ 492.989.894,85. 

 

Desse montante, R$ 307.062,663,53 destinam-se ao pagamento dos servidores ativos da administração diretas; R$ 11.179.519,85 para servidores ativos da administração indireta, e R$ 174747.711,47 para inativos e pensionistas. Vão receber salários e proventos um total de 1l3.031 servidores das administrações direta, indireta e inativos.

 

As ordens de pagamento foram encaminhadas ao Banco do Brasil nesta terça-feira (29). A Secretaria Adjunta do Tesouro Estadual prevê que até o meio dia de quarta-feira, todos os depósitos já terão sido processados pelo banco. Os valores estarão liberados tanto para quem tem contas no Banco do Brasil, como para aqueles que fizeram portabilidade a outros bancos.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet