icon clock h

Sexta-Feira, 04 de Junho de 2021, 10h:19 | - A | + A

EM CUIABÁ

Intenção de compra aumenta e comércio espera crescimento nas vendas para Dia dos Namorados

Conforme pesquisa, a intenção dos consumidores é gastar 27,6% a mais que no ano passado.

Da Redação

Agência Brasil

shopping.jpg

 

Os comerciantes de Cuiabá estão esperançosos de que as vendas para o Dia dos Namorados aqueçam o setor. A expectativa é que seja recuperado o patamar de vendas de 2019, ano pré-pandêmico. Conforme pesquisa divulgada nesta sexta-feira (04.06) pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Cuiabá (CDL Cuiabá), a intenção dos entrevistados é gastar 27,6% a mais que no ano passado. 

 

Segundo a pesquisa, 88,7% estão com a intenção de presentear, já 11,3% disseram que não comprarão presentes. Dos que não presentearão, 94,1% informaram que estão sem condições financeiras e 5,9% disseram não ter o costume de presentear nesta data, somente em outras ocasiões.

 

Os presentes mais procurados, segundo o diagnóstico, são: 30,7% perfumes, cosméticos e beleza, 21,2% roupas, 8,9% calçados e bolsas, 7,8% bombons e chocolates, 7,3% flores e pelúcias, 6,2% joias e relógios, 3,9% artigos esportivos, 2,2% eletrônicos, 1,7% telefonia/smartphone, 1,7% acessórios e bijuterias, 1,1% livros/livraria, 1,1% alimentos e bebidas (fast-food e restaurantes), 5,0% outros.

 

Segundo o levantamento, 80,3% dos residentes em Cuiabá pretendem gastar com apenas um presente e 19,7% de dois acima. Entre as faixas de valor de compras, 29,9% dos entrevistados disseram que pretendem gastar acima de R$ 200,00 em presentes, 27,1% até 100,00, 23,6% de R$ 101,00 a 150,00 e 19,4% de R$ 151,00 a 200,00, resultando em um ticket médio de R$ 218,40.

 

“A pesquisa mostra que teremos um excelente movimento de vendas, a expectativa dos empresários é atingir o mesmo patamar de faturamento do ano de 2019, ano não pandêmico. Dia dos namorados depois do natal e dia das mães é a principal data para o varejo brasileiro, muitas são as atividades empresariais que são impactadas de forma positiva. Reforçamos a importância dos consumidores comprarem no comércio local, todos ganham com isso e dizer também que os ambientes estão seguros, com as medidas de biossegurança adotadas para preservar a saúde dos colaboradores e clientes.”, relatou o superintendente da CDL Cuiabá, Fábio Granja.

 

Cenário nacional 

 

Segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), a data deve movimentar R$ 1,8 bilhão no varejo brasileiro deste ano. A CNC destaca ainda que o dia 12 de junho é importante para o varejo e que tende a ir além do comércio de bens, impulsionando também o setor de serviços, como a cadeia de restaurantes.

 

Associada à data, o vestuário ainda é o carro-chefe das vendas. Em um estudo realizado pela CNC, o segmento de vestuário, de calçados e acessórios deverá movimentar R$ 797 milhões, o equivalente a 44% do total de compras. O responsável pelo estudo, o economista da CNC, Fábio Bentes explicou sobre a movimentação no comércio deste ano.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS




Informe Publicitário






NEWSLETTER

Cadastre-se e fique por dentro dos últimos acontecimentos e relatos do pnbonline.