Esportes Sábado, 19 de Setembro de 2020, 21h:46 | - A | + A

SÉRIE B

Cruzeiro perde para o ex-lanterna CSA por 3 a 1 e volta a se complicar na Série B

O Cruzeiro foi derrotado pelo ex-lanterna CSA por 3 a 1, neste sábado, no estádio Rei Pelé, em Maceió, e voltou a se complicar na Série B

ESTADÃO CONTEÚDO

O Cruzeiro foi derrotado pelo ex-lanterna CSA por 3 a 1, neste sábado, no estádio Rei Pelé, em Maceió, e voltou a se complicar na Série B do Campeonato Brasileiro. Com 10 rodadas disputadas, o time comandado pelo técnico Ney Franco tem a mesma pontuação da zona de rebaixamento.

Vinnicius Silva/Cruzeiro

Cruzeiro x Patrocinense

 O Cruzeiro precisa voltar a vencer para se afastar da zona de rebaixamento da Série B. 

O tropeço deixou o Cruzeiro em 15.º lugar com os mesmos oito pontos do Guarani, que tem duas vitórias a menos (4 a 2) e está na 17.ª posição. O CSA, por sua vez, passou a lanterna para o Sampaio Corrêa, que tem quatro, e, ainda na zona do descenso, subiu para 18.º com sete pontos. Sem o técnico Argel Fucks, o time foi dirigido de forma interina por Adriano Rodrigues.

A primeira chance foi do Cruzeiro logo no primeiro minuto de jogo. Airton, na grande área, acertou a trave do CSA. Os mandantes, porém, foram certeiros na resposta. Aos 11, Rodrigo Pimpão desviou escanteio batido por Diego Renan e Cléberson só completou para o gol.

Aos 20 minutos, Jean quase empatou para o Cruzeiro em cobrança de falta, mas o goleiro do CSA se esticou todo e defendeu. Aos 27, o time da casa ampliou. Alan Costa aproveitou cruzamento de Rafinha e desviou de cabeça. Os mineiros criaram nova chance aos 35, mas o chute forte de Matheus Pereira parou na defesa de Matheus Mendes.

O segundo tempo começou com chutes de Paulo Sérgio e Régis, mas os goleiros Fábio e Matheus Mendes, respectivamente, fizeram boas defesas. O Cruzeiro diminuiu aos 21 minutos. Matheus Pereira invadiu a área e tocou na saída do arqueiro alagoano.

Nem deu tempo para o Cruzeiro comemorar. Cinco minutos depois, Pedro Júnior cruzou na medida para o estreante Pedro Lucas ampliar de cabeça. O gol foi a pá de cal na esperança dos mineiros.

O CSA ficou com um jogador a menos aos 28 minutos com a expulsão de Rodrigo Pimpão pelo segundo cartão amarelo. Aos 33, Pedro Lucas recebeu e bateu firme na saída de Fábio. A bola explodiu na trave celeste e poderia ampliar o placar em um novo vexame cruzeirense.

O clube alagoano voltará a campo no próximo sábado, às 16 horas, quando receberá o Juventude novamente em Maceió, pela 11.ª rodada. Na sexta-feira, às 21h30, o Cruzeiro pegará o Avaí no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte.

FICHA TÉCNICA

CSA 3 x 1 CRUZEIRO

CSA - Matheus Mendes; Diego Renan, Alan Costa, Cleberson e Rafinha; Márcio Araújo, Geovane e Yago (Marquinhos); Pedro Júnior (Cedric), Rodrigo Pimpão e Paulo Sérgio (Pedro Lucas). Técnico: Adriano Rodrigues (interino).

CRUZEIRO - Fábio; Rafael Luiz, Léo, Cacá e Matheus Pereira; Jean, Jadsom (Thiago) e Maurício (Roberson); Airton (Machado), Arthur Caíke (Daniel Guedes) e Régis. Técnico: Ney Franco.

GOLS - Cléberson, aos 11, e Alan Costa, aos 28 minutos do primeiro tempo; Matheus Pereira, aos 21, e Pedro Lucas, aos 26 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Pedro Júnior e Pedro Lucas (CSA); Machado (Cruzeiro).

CARTÃO VERMELHO - Rodrigo Pimpão (CSA).

ÁRBITRO - Grazianni Maciel Rocha (RJ).

RENDA E PÚBLICO - Jogo com portões fechados.

LOCAL - Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL).

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet