Esportes Segunda-Feira, 14 de Setembro de 2020, 11h:56 | - A | + A

CRISE AUMENTOU

Jogadores do Corinthians enfrentam protesto e precisam correr em aeroporto

Os atletas do Corinthians foram cercados e tiveram de correr para entrar no ônibus, torcedores xingavam e ameaçavam

ESTADÃO CONTEÚDO

Reprodução Internet

Agressão Corinthians

Os atletas do Corinthians foram cercados e tiveram de correr para entrar no ônibus, torcedores xingavam e ameaçavam.

Os jogadores do Corinthians desembarcaram na noite deste domingo no Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo, sob protesto de torcedores. Os atletas foram cercados e tiveram de correr para entrar no ônibus que aguardava a delegação do lado de fora. Os seguranças do clube e do aeroporto tiveram de intervir para tentar separar os torcedores, que xingavam e ameaçavam os atletas. Não houve agressão física vista nas imagens.

O Corinthians voltou do Rio de Janeiro depois de perder para o Fluminense por 2 a 1, no estádio do Maracanã. O resultou deixou a equipe à beira da zona de rebaixamento, com apenas nove pontos em nove partidas disputadas no Campeonato Brasileiro.

Em imagens da TV Gazeta e outras que circulam nas redes sociais, é possível identificar torcedores com camisas da Gaviões da Fiel, principal organizada do clube. Em seu perfil no Twitter, a Gaviões escreveu "o Corinthians não é brincadeira" após o tumulto no aeroporto.

O goleiro Cássio foi bastante cobrado pelos torcedores e permaneceu caminhando cercado pelos seguranças até o ônibus. Entre outro vídeo, é possível ver o zagueiro Gil conversando com alguns torcedores. Jogadores como o colombiano Cantillo, o volante Éderson e o chileno Araos aparecem correndo para entrar no veículo.

 

A diretoria do Corinthians soltou uma Nota:

 

Nota Oficial

 

14/09/2020 10h03 Agência Corinthians

 

O Sport Club Corinthians Paulista lamenta profundamente as cenas ocorridas no último domingo, no Aeroporto Internacional de Guarulhos, e ressalta que sempre zelará pela integridade física de atletas e funcionários.

 

Este é um ano em que a torcida do Corinthians faz enorme falta. Não ter a Fiel nos empurrando nas arquibancadas da Neo Química Arena e do Brasil, jogo após jogo, é parte de um vazio ao qual precisamos nos acostumar urgentemente. Quem já teve essa torcida do lado sempre sentirá essa ausência. Mas não acreditamos em intimidação e ameaças como forma de obter resultados esportivos. 


O momento pede tranquilidade, trabalho e responsabilidade conjunta. Temos plena confiança no grupo de jogadores que formamos. Conhecemos o caráter e o profissionalismo desses atletas, das conquistas de que muitos fizeram parte às situações mais difíceis deste ano. Confiamos que a resposta necessária será dada em campo.


Atenciosamente, 

Sport Club Corinthians Paulista

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet