Esportes Domingo, 21 de Abril de 2019, 19h:30 | - A | + A

ESTADUAL 2019

Mesmo empatando com o C.E.O.V, Cuiabá conquista o Tricampeonato

A segunda partida da final do Estadual entre Cuiabá e C.EO.V terminou em 2 a 2, resultado que deu o Tri ao Cuiabá

WISLEY TOMAZ

DA REDAÇÃO

Assessoria/ Cuiabá

Cuiabá campeão

A segunda partida da final do Estadual entre Cuiabá e C.EO.V terminou em 2 a 2, resultado que deu o Tri ao Cuiabá

A segunda partida da final do Campeonato Mato-grossense 2019 entre Cuiabá e o Clube Esportivo Operário Várzea-grandense (C.EO.V) terminou com um empate em 2 a 2, resultado que deu o Tricampeonato para o Dourado. Isso porque no placar agregado o Cuiabá fez 4 a 2, já que venceu o primeiro confronto pelo placar de 2 a 0, no domingo passado.

 

As duas equipes de melhor campanha no Estadual jogaram na tarde deste domingo (21), em Cuiabá, na Arena Pantanal, com a presença de um público de cerca de 3 mil pessoas. Sabendo que poderia perder até por um gol de diferença, o time da Capital iniciou o jogo com menos intensidade do que de costume. Já o Operário de Várzea Grande, por ter a obrigação de fazer dois gols e não sofrer nenhum para tentar forçar uma disputa de pênaltis, foi para o jogo com três atacantes e um volante a menos.  

 

A estratégia até poderia ter dado certo se o Cuiabá não tivesse aberto o marcador primeiro e depois feito mais um gol. O Chicote da Fronteira só foi marcar quanto o placar agregado já somava 4 a 0, então os jogadores do Tricolo foram para o tudo ou nada. Os gols do Cuiabá foram marcados por Marino, aos 16 minutos do primeiro tempo; e Alê, aos 47 também da primeira etapa. Os gols do C.E.O.V foram do zagueiro Alef, aos 36 do segundo tempo; e Felype, aos 47, de pênalti.

 

O Cuiabá, além de ter conquistado o Tricampeonato Mato-grossense, também conquistou a marca de ser bicampeão invicto, com este empate diante do CEOV. Agora o Dourado já está a 30 partidas sem perder no Estadual.

 

O Jogo

 

No primeiro minuto de jogo o atacante do C.E.O.V, Abner, desceu com velocidade, deu drible da vaca no zagueiro Douglas Mendes e cruzou na área do Cuiabá, mas não achou ninguém para complementar sua bela jogada. Aos 3 min, o Cuiabá tentou responder, mas a zaga operariana tirou. Aos 5 min, Valdeir, do Cuiabá, recebeu na entrada da grande área e chutou forte,  obrigando o goleiro Naldo a fazer uma bela defesa, rebatendo a bola, que ainda sobrou para o Toty, que chutou e Naldo fez outra defesa.

 

Aos 8 min, Alê levantou a bola na área, mas Júnior Todinho cabeceou para fora. Aos 10, Abner fez bela jogada e a bola sobrou para o atacante Felype, que com o goleiro batido, chutou no zagueiro, que defendeu. Até então o atacante do Operário perdia o gol mais feito da partida

 

Aos 13, o Operário teve boa chance com Abner, que também desperdiçou. Aos, 16 minutos, em uma cobrança de escanteio a bola sobrou para o volante Marino, que fez 1 a 0 Cuiabá.

 

Aos 39, Abner desceu em velocidade, mas na hora de cruzar jogou na mão do goleiro. Aos 42 min, Ale fez um gol de cabeça, mas o bandeira marcou impedimento. Aos 47 min, a bola sobrou para Alê na entrada da grande área, que chutou forte no ângulo, fazendo um golaço: 2 a 0 Cuiabá.

 

Segundo tempoA etapa complementar começou com o C.E.O.V indo todo para o ataque, buscando o tudo ou nada. Aos 2 min, Abner chutou em direção ao gol do Cuiabá, mas o tiro saiu fraco e o goleiro defende facilmente. Aos 6 min, Abner novamente teve uma chance e chutou forte, mas o goleiro novamente foi buscar. Aos 36 min,  Gil Mineiro bateu escanteio e o zagueiro Alef subiu alto e marcou de cabeça: 2 a 1 Cuiabá.

Assessoria/ Cuiabá

Cuiabá

 

 

Aos 41 min, o uruguaio Agustín Gutierrez, do Cuiabá,  ficou sozinho, mas finalizou na mão do goleiro do CEOV. Aos 45 o zagueiro Douglas Mendes colocou o braço na bola dentro da área, o juiz anotou pênalti e ainda expulsou o defensor. O atacante Felype foi para cobrança e aos 47  fez e empatou o jogo em 2 a 2. Aos 49 o juiz terminou a partida, e o Cuiabá se consagrou Tricampeão Mato-grossense 2019.

 

FICHA TÉCNICA

CUIABÁ 2 X 2 C.E.O.V   

CUIABÁ: Victor Souza; Toty, Douglas Mendes, Edson Borges,  Danilo, Valdeir; Escobar, Alê, Matheus Pato, Marino, Júnior Todinho. (Técnico: Itamar Schulle).

OPERÁRIO (VG): Naldo; Anderson; Alef; Wisley; Leo Gharib; Gil Mineiro; Felype Hebert; Yan Peter; Abner, Vinicius, Alex Augusto. (Técnico: Ariel Mamede).

GOLS: Marino (16 min 1º Tempo - Cuiabá); Alê (47 min 1º Tempo - Cuiabá); Alef (36 min 2º Tempo – C.E.O.V); Felype (47 min 2º Tempo – C.E.O.V);

ÁRBITRO: Alinor Silva da Paixão. (Auxiliares: Gislan Antônio Garcia e Renan Antônio Angelin // 4º Árbitro: João Paulo Reveles).

PÚBLICO PRESENTE: 2.906

PÚBLICO PAGANTE: 1.570

RENDA: R$ 20.270,00

 LOCAL: Arena Pantanal - Cuiabá

 

 

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet