Esportes Terça-Feira, 10 de Setembro de 2019, 09h:37 | - A | + A

CONTAS

TCE determina que FMF e espólio de Orione devolvam 183 mil ao erário

O atual presidente da FMF, Aron Dresch, disse que assim que a instituição for notificada vai tomar todas as providências

WISLEY TOMAZ

DA REDAÇÃO/ COM TCE

O Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT) determinou a restituição ao erário de R$ 183.086,45, devidamente atualizados a partir de 30/04/201014, sob a responsabilidade solidária da Federação Mato-Grossense de Futebol  (FMF) e do espólio do ex-presidente, Carlos Orione, que morreu  no ano de 2016.

TCE-MT

Conselheiro Luiz Henrique

O processo 13.314-0/2010 foi relatado pelo conselheiro interino Luiz Henrique Lima.

 

De acordo com o TCE, foram julgadas irregulares nas contas prestadas no processo de Tomada de Contas Especial, em razão das impropriedades na prestação de contas do Convênio nº 027/2007, firmado entre o Fundo Desportivo do Estado de Mato Grosso e a Federação Mato-grossense de Futebol. O processo 13.314-0/2010 foi relatado pelo conselheiro interino Luiz Henrique Lima, cujo voto foi acolhido por unanimidade na sessão ordinária da Primeira Câmara de Julgamentos do dia 4/9.

 

A Tomada de Contas foi instaurada pela Secretaria Executiva do Núcleo de Cultura, Ciência, Lazer e Turismo, em cumprimento ao Acórdão nº 3.174/2009 do Tribunal de Contas que identificou irregularidades na prestação de contas do Termo de Convênio nº 027/2007, pela Federação Mato-grossense de Futebol, à época sob a presidência de Carlos Orione, cujo objeto foi a realização da "IV Copa Mato Grosso sub-17", no valor de R$ 379.800,00.

 

A Comissão de Tomada de Contas verificou a apresentação de notas extemporâneas, notas com indícios de falsificação e notas com indícios de adulteração, manifestando pela necessidade de restituição ao erário no valor de R$ 183.086,45.

Assim, o relator, além de determinar a restituição propôs o encaminhamento de cópia dos autos ao Ministério Público Estadual para as providências cabíveis.

 

Midianews

Aron

Presidente da FMF, Aron Dresch, disse que assim que a instituição for notificada vai tomar todas as providências.

Outro Lado 

A reportragem do Pnbonline entrou em contato com o atual presidente da Federação Mato-grossense de Futebol, Aron Dresch, que disse que assim que a instituição for notificada vai tomar todas as providências necessárias. “No passado as coisas eram feitas dessa forma, não emitiam notas e faziam tudo de qualquer jeito. Inclusive muitos clubes não prestavam contas nem a Federação, quando mais aos órgãos fiscalizadores. Em relação a essa questão, sabemos que temos que responder por estarmos a frente da instituição, apesar de ser um problema criado lá atrás. Portanto, assim que chegar a notificação vamos acionar nosso departamento jurídico, se já não fomos, de repente ainda não me avisaram.  Enfim, é um problemas que sabemos que temos que resolver, como outros que devem chegar em função de como as coisas eram feitas no futebol mato-grossense no  passado”.

 

 

Carlos Orione 

Carlos Orione, ex-presidente da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), morreu em novembro de 2016. Em 1973, ele foi nomeado como interventor da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), onde se manteve no cargo até 1979. A partir de 1986, Orione foi eleito presidente da entidade, deixando a presidência apenas meses antes de morrer.

FMF

Carlos Orione

 

 Carlos Orione ficou conhecido pela maneira como comandou o futebol em Mato Grosso, já que por mais de três décadas controlou o futebol mato-grossense, sendo criticado em razão de ser o “enterno” presidente da Federação. Ao longo dos anos foi considerado um dirigente ultrapassado e recebia acusações de irregularidades na condução da entidade, bem como de suas contas.

 O ex-dirigente deixou cinco filhos de três casamentos, os quais compõem o espólio do ex-mandatário e devem ser notificados pelo TCE. A reportagem não conseguiu contato com nenhum deles. (Com informações do TCE-MT) 

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet