icon clock h

Quinta-Feira, 25 de Fevereiro de 2021, 14h:35 | - A | + A

CORONAVÍRUS

Cepa britânica confirmada em MT é 50% mais transmissível, alerta epidemiologista

Os primeiros casos foram confirmados em Cuiabá e em Primavera do Leste por um estudo divulgado hoje pelo MCTIC.

Da Redação

Secom-MT

 Coronavirus- Centro triagem pessoas

 

A variante britânica do coronavírus identificada em Mato Grosso nesta quinta-feira (25.02) deve acender ainda mais o sinal de alerta da população e das autoridades. A cepa preocupa por ser mais transmissível que a que tem circulado no Brasil desde o começo da pandemia. Os primeiros casos foram confirmados em Cuiabá e em Primavera do Leste. 

 

Conforme Juliano Melo, epidemiologista e secretário adjunto de Vigilância e Atenção à Saúde da Secretaria Estadual (SES-MT), ainda não há evidências de que a variação seja mais letal, mas o fato dela ter maior potencial de transmissão aumenta as chances de sobrecarga do sistema de saúde, que já vem enfrentando taxas altas de ocupação de leitos de UTI no estado. 

 

“Essa variante foi inicialmente identificada na Inglaterra e, desde novembro, já afetou cerca de 50 países. Cada linhagem do vírus apresenta mutações internas e esse é o comportamento natural do vírus. O que preocupa é que essa linhagem da B.1.1.7. tem um potencial maior de transmissão, sendo em torno de 50% mais transmissível do que as linhagens anteriores”, explica. 

 

A confirmação, anunciada por Mauro Mendes na manhã de hoje, veio após a divulgação por parte do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) de um estudo realizado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e pela Rede Corona-Ômica, em parceria com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e com o Instituto Hermes Pardini.

 

Até o momento, também não há evidências de que os imunizantes distribuídos no Brasil tenham sua eficácia comprometida diante das variantes, conforme explicou Melo ao reforçar a necessidade da manutenção das medidas de biossegurança. “Esse é mais um motivo de alerta para os cuidados com o manejo, isolamento social e todas as demais formas de prevenção. A vacina é efetiva na redução da transmissibilidade de variantes do vírus”, concluiu.

 

Além de Cuiabá e Primavera do Leste, a variante do Reino Unido foi identificada em Belo Horizonte (MG), Betim (MG), Araxá (MG), Barbacena (MG), Rio de Janeiro (RJ), Campos dos Goytacazes (RJ), Curitiba (PR), Cuiabá (MT), Primavera do Leste (MT), Aracajú (SE), São Paulo (SP), Americana (SP), Santos (SP), Valinhos (SP), São Sebastião do Passe (BA) e Barra do São Francisco (ES).

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS




Informe Publicitário






NEWSLETTER

Cadastre-se e fique por dentro dos últimos acontecimentos e relatos do pnbonline.