Geral Terça-Feira, 30 de Junho de 2020, 09h:02 | - A | + A

REITORIA

Comissão define software para consulta na UFMT; voto será criptografado

Tecnologia é a mesma utilizada pela USP e foi desenvolvida pelo MIT.

Da Redação

UFMT

UFMT

 

O Colégio Eleitoral Especial da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) já definiu como será feita a consulta online à comunidade acadêmica para a formação da lista tríplice de onde sairá o nome do novo reitor da instituição. Uma tecnologia desenvolvida nos Estados Unidos e já utilizada por outras universidades brasileiras será adotada na votação da UFMT.  

 

De acordo com o documento apresentado pela Comissão de Consulta Prévia, a consulta será realizada pelo sistema E-Votação UFMT, que utiliza como base a tecnologia Helios Voting. Esse software utiliza criptografia homomórfica, que encripta o voto antes de enviá-lo pela rede, garantindo a privacidade dos eleitores. Além disso, cada eleitor recebe um número rastreável de seu voto, permitindo que todos possam auditar o resultado.

 

Em 2017, a Universidade de São Paulo foi a primeira instituição brasileira de Ensino Superior a utilizar, para a eleição de seus dirigentes máximos, essa tecnologia, desenvolvida pelo pesquisador do grupo de criptografia e segurança da informação do Instituto de Tecnologia Massachusetts (MIT, na sigla em inglês), Ben Adida.

 

Professores aposentados

 

Na semana passada, a professora do Instituto de Geografia, História e Documentação (IGHD) e pré-candidata à Reitoria, Tereza Higa, protocolou ofícios junto à Comissão pedindo esclarecimentos quanto ao pleito. Os documentos levavam insatisfações em relação à exclusão de servidores aposentados no processo de consulta para a formação da lista tríplice e preocupação quanto à segurança do sistema online que será utilizado pela instituição na votação. 

 

A Comissão voltou atrás e acatou o pedido de participação de aposentados. O texto original excluía-os da consulta, mas, após ponderação dos conselheiros e votação do destaque, ficou decidido que estes servidores também estarão aptos a votar, uma vez que a lei federal que rege este procedimento é omissa neste aspecto.

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet