Geral Quinta-Feira, 17 de Setembro de 2020, 17h:52 | - A | + A

PARALISAÇÃO

Depois de mais de um mês de greve, STJ julga dissídio coletivo dos Correios

da Redação

com Assessoria

Assessoria

Greve Correios.

 

O julgamento do dissídio coletivo dos Correios será realizado na segunda-feira (21) no Tribunal Superior do Trabalho (TST). A greve dos trabalhadores dos Correios completa 30 dias nesta quinta-feira (17). 

 

Segundo o Sindicato dos Trabalhadores nos Correios (Sintect) em Mato Grosso, cerca de 80% dos trabalhadores – tanto o setor operacional, quanto o administrativo – aderiram ao movimento. A expectativa dos grevistas se concentra no julgamento do dissídio. O atual Acordo Coletivo, em vigor até 2021, foi suspenso por medida liminar do ministro Dias Toffoli, no Supremo Tribunal Federal (STF).

 

Ao longo do mês, o siindicato afirma que duas tentativas de negociação com a empresa foram feitas, sem sucesso. “Diferente do que o governo afirma, a greve não é para defender privilégios e sim pela manutenção de direitos conquistados com luta ao longo de muitos anos”, disse o presidente do (Sintect), Edmar Leite. 

 

Os trabalhadores são contra a privatização da estatal, denunciam a "negligência com a saúde dos trabalhadores" na pandemia, querem garantia dos direitos trabalhistas  e a realização de concurso público.

 

Economia com corte de pessoal

Os Correios também aguarda o julgamento do dissídio na segunda-feira e, com ele, o retorno dos trabalhadores, de acordo com a assessoria da estatal.

 

A empresa afirma que desde o mês de julho tenta negociar os termos do Acordo Coletivo de Trabalho 2020/2021, mas considera a proposta do sindicato da categoria “imprudente, tendo em vista a crise atual”.

 

Considerando que não há margem para medidas incompatíveis, a estatal vislumbra uma economia da ordem de R$ 800 milhões ao ano, apenas com o "racionamento" dos gastos com pessoal: o suficiente para recuperar, em três anos, o prejuízo de R$ 2,4 bilhões acumulados em gestões passadas. 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet