Geral Segunda-Feira, 29 de Junho de 2020, 15h:03 | - A | + A

UNIVERSIDADE

Iniciativa com estudantes e profissionais debate caminhos da produção radiofônica em MT

I Ciclo de Debates Radiofônicos AudioJor reúne radiojornalistas da capital e do interior do estado.

Safira Campos

Da Redação

Divulgação

WhatsApp Image 2020-06-29 at 14.12.20.jpeg

 

Um ciclo de debates promovido pelo Projeto de Pesquisa em Áudio e Jornalismo (AudioJor) do Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) pretende reunir estudantes, professores e profissionais do mercado radiofônico para discutir os caminhos da produção de áudio dentro do estado. O evento é online, gratuito e aberto ao público. 

 

De acordo com o professor do curso de Jornalismo, Luãn Chagas, que também coordena o projeto, o objetivo é expor resultados de pesquisas acadêmicas e debater novas questões relacionadas ao rádio e à produção de áudio. Além disso, a intenção seria firmar um campo de diálogo entre a universidade e o mercado de trabalho, rememorando os 80 anos de história do rádio em Mato Grosso.  

 

“É uma oportunidade única de fazer com que a pesquisa feita dentro da universidade dialogue com os profissionais, numa contribuição que precisa ser recíproca. Pensar na responsabilidade social de ambos é ver que nem a pesquisa acadêmica deve estar tão longe do mercado, nem o mercado deve estar tão longe da pesquisa acadêmica”, avalia o professor. 

 

No mês de julho, participam da roda de conversa as radiojornalistas âncoras do Jornal da Capital 1ª e 2ª Edição, Camila Piacenti e Ariana Martins, nos dias 2 e 9, respectivamente. Na próxima semana, é a vez da radiojornalista Nahyara Moura da Rádio Vila Real, onde ancora o programa Tribuna e o repórter do mesmo programa Luiz Vieira. As participações estão marcadas para 11 e 16 de julho, respectivamente. Neste primeiro ciclo, o objetivo é debater a cobertura local durante a pandemia, seleção das fontes e uso de novas tecnologias. 

 

AudioJor

 

O AudioJor é um projeto de pesquisa em áudio e jornalismo da UFMT. Estudantes e pesquisadores abordam questões relacionadas a áudio, rádio e podcast em estudos que já foram publicados em revistas científicas dentro e fora do Brasil. Um dos focos é a produção radiofônica mato-grossense, como explica Chagas. 

 

“Reunimos um tripé que é a produção local do radiojornalismo, com as produções radiofônicas de Cuiabá e do interior; produções de áudio e suas inovações, um trabalho que é feito em conjunto com outras universidades, ligado a podcasts, rádio expandido, etc; e pesquisamos produções realizadas pelo radialismo como um todo, nas áreas do entretenimento, ficção, podcast”. 

 

Para participar do I Ciclo de Debates Radiofônicos AudioJor é necessário manifestar interesse através do email luanchagas@ufmt.br. 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet