Geral Sexta-Feira, 23 de Outubro de 2020, 16h:46 | - A | + A

CONCILIAÇÃO

Justiça promove mutirão para renegociar dívidas com Energisa

Em Cuiabá, 300 clientes confirmaram participação entre 9 e 13 de novembro.

da Redação

com Assessoria

TJMT

30 - TJMT atualizada(1).jpg

 

Entre os dia 9 e 13 de novembro, será realizado o 1º Mutirão Virtual da Energisa, organizado pelo Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (Nupemec). A conciliação virtual para a quitação de débitos acontecerá, inicialmente, com clientes de Cuiabá, mas até o fim do ano deve ocorrer em mutirões nos municípios de Várzea Grande, Sinop, Rondonópolis, Tangará da Serra e Mirassol D’Oeste.

 

Na capital, todas as 300 pessoas com algum tipo de pendência junto à empresa, que foram notificadas por mensagem SMS, confirmaram participação no processo de negociação. A medida é uma forma de evitar o andamento das ações na Justiça para que o pagamento seja realizado.

 

“Nós estamos usando a tecnologia a nosso favor e vamos ajudar a solucionar essas pendências judiciais e até questões pré-processuais, evitando assim mais demandas judicializadas”, disse a juíza coordenadora do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania da Comarca de Cuiabá (Cejusc), Adair Julieta da Silva.

 

Um link com o horário e a plataforma das videoconferências foi enviado às pessoas que concordaram em fazer parte da conciliação. “Durante o mutirão, a empresa de energia trará boas condições de pagamento, descontos e parcelamentos maiores. Cada caso será analisado individualmente e a meta é evitar que esses processos continuem tramitando”, pontou.

 

A equipe do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania da Comarca de Cuiabá terá cinco conciliadores e fará 50 audiências de conciliação por dia.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet