icon clock h

Segunda-Feira, 12 de Abril de 2021, 15h:37 | - A | + A

SAÚDE

Médica alerta para semelhança de sintomas da dengue, zika, chikungunya e covid

Especialista explica que os sintomas iniciais das doenças podem ser parecidos, mas exigem cuidados diferentes na prevenção e no tratamento

Da Redação

Com assessoria

Reprodução

coronavírus

 

Além da covid-19, outras doenças preocupam nessa época do ano e seus sintomas podem confundir o paciente. Mato Grosso tem 34 municípios com alto risco de transmissão de dengue, zika e chikungunya. E, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, há outras 50 cidades com alto risco de transmissão do novo coronavírus.

 

Com isso, há muitas dúvidas em identificar as doenças, pois alguns sintomas iniciais são semelhantes. A diretora nacional de infectologia do Sistema Hapvida, Silvia Fonseca, explica que no início, todas essas doenças podem causar febre, dor no corpo e dor de cabeça. “Elas começam parecidas, mas o que distingue a covid são os sintomas respiratórios, como espirro, tosse e uma dor de garganta mais forte”, explicou a médica.

 

A transmissão da dengue, da febre chikungunya e do vírus zika ocorre pela picada do mosquito Aedes aegypti. Já a covid-19 é transmitida quando há contato do coronavírus com nossas mucosas, como olhos, boca e nariz. 

 

Tanto em relação às doenças provocadas pelo mosquito Aedes aegypti ou pelo novo coronavírus, a melhor estratégia é a prevenção.

A médica lembra que, no caso de dengue, é importante o paciente se hidratar sempre, além de procurar atendimento médico. Com relação à covid, ela recomenda buscar profissionais para fazer o atendimento. “Se tiver alguns dos sintomas é importante procurar um médico presencialmente ou virtual para saber o estágio da doença e a medicação que deve ser aplicada”, resumiu.

 

Tanto em relação às doenças provocadas pelo mosquito Aedes aegypti ou pelo novo coronavírus, a melhor estratégia é a prevenção. Sobre a covid é importante evitar aglomerações; sair de casa somente se necessário e de máscara, lavar sempre as mãos com água e sabão sempre que possível ou usar álcool em gel 70%.

 

Em relação à dengue, zika e chikungunya é fundamental não deixar água parada, principalmente em vasos de plantas, garrafas e pneus. Usar repelentes ao sair e dentro de casa, usar velas de citronela e, se possível, usar telas nas portas e janelas.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS




Informe Publicitário






NEWSLETTER

Cadastre-se e fique por dentro dos últimos acontecimentos e relatos do pnbonline.