Geral Quarta-Feira, 03 de Junho de 2020, 16h:34 | - A | + A

SAÚDE

Médicos de Várzea Grande podem entrar em greve por atraso em pagamentos

Categoria ainda discute falta de condições de trabalho e déficit de leitos para a internação na rede municipal; Prefeitura nega acusações.

Safira Campos

Da Redação

Governo de Mato Grosso

Upa Várzea Grande.jpg

 

O Sindicato dos Médicos do Estado de Mato Grosso (Sindimed-MT) convocou, para segunda-feira (08), os médicos servidores que atuam em Várzea Grande para uma assembleia geral em que será discutida a possibilidade da categoria entrar em greve no município. A representação teria recebido denúncias de irregularidades no pagamento dos trabalhadores. 

 

“Os médicos estão trabalhando exaustivamente e precisam receber como todo mundo. Têm contas para pagar.  E caso a prefeitura não apresente uma solução, a categoria não descarta discutir um indicativo de greve”, afirmou o diretor de Comunicação do Sindimed-MT, Adeildo Lucena.

 

Entre as pautas que serão discutidas na reunião estão falta de condições de trabalho; não pagamento de plantões-extras, adicional de insalubridade, horas-extras e verbas indenizatórias de janeiro; ‘auxílio-covid’; isonomia salarial entre as classes; incorporação da verba indenizatória ao salário-base; e déficit de leitos para a internação. 

 

Em resposta à redação do PNBonline, a Prefeitura de Várzea Grande, por meio da assessoria, negou que haja atraso em qualquer tipo de pagamento dos médicos. A único ponto confirmado pelo Executivo municipal foi a incapacidade de atendimento da demanda por leitos.

 

“Os funcionários estão recebendo normalmente e não há qualquer tipo de dívida da Prefeitura. O que há na verdade é que alguns médicos cumprem mais plantões do que outros, o que gera, obviamente, diferenças na folha de pagamento. Das pautas levantadas pelo sindicato, apenas uma é de concordância da Prefeitura. Há realmente déficit no número de leitos, porque temos um sistema estrangulado, com uma demanda maior que a capacidade de atender. Um quadro agravado agora pela crise do novo coronavírus”, afirma a Prefeitura em nota.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet