icon clock h

Terça-Feira, 06 de Abril de 2021, 17h:05 | - A | + A

PANDEMIA

Mato Grosso tem mais 107 mortes por covid em 24h

Taxa de ocupação está em 98% para UTIs adulto e em 56% para enfermarias. Número total de mortos chegou a 8.234.

Da Redação

Com assessoria

Rovena Rosa / Agência Brasil

leito de uti

 

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta terça-feira (06.04), 319.978 casos confirmados da covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 8.234 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. Nas últimas 24 horas foram registradas mais 107 mortes de pacientes com covid. 

 

As mortes mais recentes são de pacientes das seguintes ciades: Cuiabá, Várzea Grande, Alto Taquari, Araguaiana, Aripuanã, Barra do Garças, Brasnorte, Cáceres, Campo Verde, Canarana, Colíder, Colniza, Guarantã do Norte, Itaúba, Jaciara, Juruena, Lucas do Rio Verde, Marcelândia, Matupá, Mirassol d'Oeste, Nossa Senhora do Livramento, Nova Canaã do Norte, Nova Lacerda, Nova Mutum, Peixoto de Azevedo, Pontes e Lacerda, Primavera do Leste, Ribeirão Cascalheira, Ribeirãozinho, Rondonópolis, Rosário Oeste, Santo Antônio de Leverger, São José dos Quatro Marcos, Sapezal, Sinop, Tangará da Serra, Tapurah, União do Sul e Torixoréu. 

 

Dos 319.978 casos confirmados da covid-19 em Mato Grosso, 13.522 estão em isolamento domiciliar e 296.131 estão recuperados. Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a covid-19, há 522 internações em UTIs públicas e 491 enfermarias públicas. Atualmente a taxa de ocupação está em 98,12% para UTIs adulto e em 56% para enfermarias adulto.

 

Dentre os 10 municípios com maior número de casos de covid-19 estão: Cuiabá (68.627), Rondonópolis (24.117), Várzea Grande (20.604), Sinop (16.075), Sorriso (11.845), Tangará da Serra (11.076), Lucas do Rio Verde (10.660), Primavera do Leste (9.344), Cáceres (6.925) e Alta Floresta (6.184).

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS




Informe Publicitário






NEWSLETTER

Cadastre-se e fique por dentro dos últimos acontecimentos e relatos do pnbonline.