Geral Quarta-Feira, 25 de Março de 2020, 09h:01 | - A | + A

PREVENÇÃO

Moradores de rua de Cuiabá recebem marmitas e orientações contra o coronavírus

Iniciativa da prefeitura terá validade durante o decreto assinado pelo prefeito Emanuel Pinheiro. Diariamente serão distribuídos 450 marmitas para moradores de rua.

Da redação

Com prefeitura de Cuiabá

Divulgação

5feeaf86f1c2a5ed586eac43f86284f5.jpg

 

A Prefeitura de Cuiabá informa que desde segunda-feira (23) está ofertando à população que vive em situação de rua 450 marmitas por dia. A iniciativa da Secretaria de Assistência Social, Direitos Humanos e Pessoa com Deficiência da capital busca atender essa parte da população como medida de prevenção contra a disseminação do coronavírus.

 

Diariamente, a partir de 11h30, técnicos da secretaria realizam a entrega das marmitas. O local escolhido foi o Restaurante Popular de Cuiabá. Além do fornecimento de alimentação, as pessoas que passarem pelo local vão receber orientações de higienização e prevenção contra o coronavírus.

 

Os técnicos irão perguntar diariamente sobre a saúde da população que passar pelo local e se alguma pessoa estiver apresentando sintomas da doença será encaminhada imediatamente para um serviço municipal de saúde. A medida estará em vigor durante a validade do decreto 7.849/2020 assinado pelo prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), até o dia 5 de abril, podendo ser prorrogado.

 

“Estamos trabalhando para garantir a segurança da população. Estudos estão sendo realizados de forma gradativa a fim de elencar novas ações para atender esse momento de pandemia vivenciado no país”, disse a secretário municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, Wilton Coelho.

 

Assim como as demais unidades ligadas à Prefeitura também estará fechado pelo mesmo período estabelecido em decreto, a fim de evitar a aglomeração de pessoas no local. 

 

Assim que forem determinadas novas medidas relacionadas ao coronavírus, a Secretaria irá informar o novo cronograma de atividades. “Estamos trabalhando para oferecer o que há de melhor e mais viável para a população de baixa renda que precisa dos serviços públicos ofertados”, destacou o secretário. 

 

A mesma medida foi adotada nos três albergues municipais, sendo eles Manoel Miraglia, Guia e Porto, sendo cada unidade com capacidade de lotação de até 50 pessoas Os albergados estão sendo orientados sobre a importância da higienização pessoal, evitar o contato físico e ficar atento para qualquer sinal ou sintoma atípico que por ventura surgir. 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet