icon clock h

Quinta-Feira, 13 de Maio de 2021, 10h:50 | - A | + A

TBT DO PNB

O dia em que Pelé comandou um show de bola em Cuiabá

Com três gols marcados em 15 minutos, Pelé fez vibrar a torcida cuiabana na goleada sobre o Dom Bosco.

Da Redação

Pelé em Cuiabá

 

O TBT do PNB Online desta quinta-feira relembra um jogo de futebol de 56 anos atrás. Foi no dia 8 de maio de 1965 que Cuiabá parou para assistir a um show do Santos Futebol Clube no estádio Presidente Eurico Gaspar Dutra. O clube que representou a capital na partida, o Dom Bosco, saiu como coadjuvante do espetáculo promovido pelos atletas do time comandado por Pelé.

 

O Santos estava em turnê pelo país. Veio a Cuiabá enfrentar o Dom Bosco e depois foi a Campo Grande (MS) jogar contra o Comercial. Na capital mato-grossense, causou alvoroço, registrado nos jornais da época. No hotel em que a delegação estava "foi necessária uma permanente vigilância policial para garantir a manutenção da ordem. Em todos os momentos em que Pelé deixava o quarto a fim de realizar as suas refeições, o jogador era cercado pelos fãs, que pediam autógrafos", diz um trecho do jornal O Estado de Mato Grosso.

 

A partida estava marcada para o dia 8 de maio, um sábado, às 15h30. Mas desde as 10h um grande público já estava presente no Estádio Presidente Dutra. Torcedores formavam grandes filas nas bilheterias para conseguir ingressos para a partida. A renda foi superior a 15 milhões de cruzeiros, recorde em Mato Grosso.

 

O Santos estava escalado com Cláudio, Mauro (Modesto), Carlos Alberto (Dé), Geraldino, Haroldo, Lima, Peixinho, Mengálvio (Rossi), Coutinho (Toninho), Pelé (Santana) e Pepe (Abel). O Dom Bosco, por sua vez, jogou com Clóvis, Cuiabano (Platibanda), Bráulio (Avião), César, Carmelindo, Ramão, Tão, Wizer, Didi, Magalhães e Pretinho.

 

"Finalmente chegou o grande momento. No centro do gramado o governador Fernando Corrêa da Costa, secretários de Estado e outras autoridades locais foram cumprimentar os jogadores das equipes do Santos e do Dom Bosco. Logo depois das 15h30, o sr. Lúdio Coelho, especial convidado, deu o chute inicial", diz um trecho de reportagem da época.

 

O primeiro gol da partida foi marcado por Coutinho, aos 41 minutos do primeiro tempo. Novamente Coutinho, aos 2 minutos do segundo tempo, ampliou o placar para o Santos. Cinco minutos depois, Pelé iniciou uma série de três gols consecutivos, marcados aos 7, 8 e 22 minutos da etapa complementar.

 

Jornal Pelé Cuiabá

 

"Continuando com a goleada, o Santos assinala o sexto gol aos 34 minutos, através de Peixinho. A reação do Dom Bosco, no entanto, veio na fase final da peleja, com Belo marcando aos 40 minutos e Didi aos 41 minutos", traz outro trecho de reportagem do jornal da época.

 

Tricampeonato

 

Em entrevista após a partida em Cuiabá, Pelé disse que traria o tricampeonato da Copa do Mundo de Futebol. A seleção bicampeã mundial se preparava para ir à Inglaterra no ano seguinte, 1966,  tentar mais um título que, ao contrário da "previsão" de Pelé, viria apenas na Copa do Mundo de 1970 no México.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS




Informe Publicitário






NEWSLETTER

Cadastre-se e fique por dentro dos últimos acontecimentos e relatos do pnbonline.