Geral Quarta-Feira, 18 de Novembro de 2020, 16h:48 | - A | + A

CORONAVÍRUS

Pandemia acelera pelo país e SES reconhece possibilidade de segunda onda em MT

Governo afirma trabalhar no monitoramento para não ser pego de surpresa em caso de novo agravamento da pandemia.

Safira Campos

Da Redação

Agência Brasil

hospital entubar covid coronavirus medico.jpg

 

O número de novos casos e óbitos por covid-19 voltou a apresentar crescimento nos últimos dias. Com 676 mortes apenas nesta terça-feira (17), o Brasil voltou a ter a média de óbitos acima de 500, algo que não acontecia desde 21 de outubro. O aumento dos casos e mortes nos Estados Unidos e na Europa também acendem o alerta para o agravamento da pandemia. Em Mato Grosso, a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) já reconhece a possibilidade de uma ‘segunda onda’ no estado. 

 

Dados compilados das Secretarias de Saúde dos estados apontam que as regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul do Brasil apresentam neste momento aceleração na média diária de mortes. Apenas o Norte e Nordeste permanecem estáveis. Apesar disso, em resposta à redação do PNB Online, a SES-MT afirmou consider que a evolução no número de casos no Brasil oscila entre queda e estabilidade, a depender do estado considerado. 

 

A Secretaria Adjunta de Vigilância e Atenção à Saúde do Estado destaca que Mato Grosso ainda apresenta queda do número de casos após um longo período de elevados quantitativos de infectados e óbitos e que atualmente a transmissão continua acontecendo em um ritmo inferior, mesmo que sem estagnação. Ainda assim, as equipes da pasta não desconsideram a possibilidade de uma ‘segunda onda’ nos próximos meses. 

 

Nesse sentido, fatores de interferência como o clima quente e úmido, queda nas taxas de isolamento social, exposição do grupo etário mais afetado e introdução de novas variantes do vírus SARS-CoV-2, podem contribuir para o agravamento da situação. O Governo Estadual afirma, entretanto, que caso haja uma segunda onda, não deve ser surpreendido. Espera-se que o monitoramento de dados como evolução do número de casos, óbitos e população afetada e número de leitos ocupados, permita “prever uma tendência de crescimento em tempo oportuno”.

 

Até esta terça-feira (17), Mato Grosso registrou 153.455 casos confirmados da doença, sendo 4.056 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. Conforme a SES no último boletim, foram notificadas 608 novas confirmações de casos de coronavírus nas últimas 24 horas. Dos 153.455 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 5.003 estão em isolamento domiciliar e 143.998 estão recuperados. Neste momento, a taxa de ocupação está em 33,75% para UTIs adulto e em 12% para enfermarias adulto.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet