Geral Quinta-Feira, 29 de Outubro de 2020, 17h:07 | - A | + A

MEIO AMBIENTE

Pantanal continua registrando queimadas e têm outubro com mais focos desde 2002

Entidade lança manifesto e campanha que contará com live do cantor Luan Santana na tentativa de arredar fundos para a região.

Safira Campos

Da Redação

MARCIO PIMENTA/REDUX

FOGO NO PANTANAL

 

Nem as chuvas em maior volume registradas na região pantaneira foram o suficiente para que as chamas que já devastaram 4.167.000 de hectares no bioma chegassem ao fim. Dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) apontam que entre 01 e 29 de outubro de 2020 houve um aumento de 45% no número de focos de calor em relação ao mesmo período do ano passado. 

 

Até esta esta quinta-feira (29), foram contabilizados 2.825 focos. No ano passado, no mesmo período, foram 1.943. O recorde até então para o mês era de 2002, quando haviam sido registrados 2.761 focos. O monitoramento do Inpe começou em 1998. Não há mais o registro de incêndios em Mato Grosso do Sul. A atenção agora está concentrada no Parque Nacional do Pantanal Mato-grossense, que já teve cerca de 72% de sua área atingida pelo fogo. Entre ontem e hoje, o estado de Mato Grosso registrou 68 focos na região pantaneira e, por esta razão, brigadistas continuam atuando na área. 

 

Outros profissionais e voluntários que ajudaram na tentativa de conter o avanço do fogo nos últimos quatro meses já tiveram as equipes desmobilizadas. Este é o caso dos Corpos de Bombeiros de estados vizinhos, Forças Armadas e do Grupo de Resgate de Animais em Desastres (GRAD), que desempenhou um trabalho determinante para salvar a vida de animais atingidos pelas chamas. No último dia 20, o grupo divulgou um vídeo em que mostra onça resgatada recuperada e de volta à natureza. 

 

Tendo em vista a situação, o Instituto Socioambiental da Bacia do Alto Paraguai SOS Pantanal divulgou esta semana o lançamento do manifesto ‘O Pantanal Chama’, projeto que conta com o apoio de entidades, ambientalistas e figuras públicas, como o cantor Luan Santana. No próximo mês, no dia 22, o cantor irá realizar uma live em que pretende arrecadar fundos a fim de manter a ação e monitoramento das chamas na região do bioma. 

 

A ONG pede ainda a doação e a participação popular para que ações de distribuição de comida em áreas queimadas na região de Porto Jofre continuem. “Assine o manifesto, doe e compartilhe com o máximo de pessoas! Esse movimento tem como objetivo impulsionar ações de suporte à fauna, apoio a comunidades, restauração ambiental e formação de brigadas no bioma. Agradecemos muito o Luan Santana por aceitar ser a voz desse movimento!”, divulgou a ONG. 

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet