Geral Sexta-Feira, 15 de Novembro de 2019, 07h:56 | - A | + A

CONTRA A HOMOFOBIA

Parada pela Diversidade Sexual acontece neste sábado em Cuiabá

O ponto de concentração popular será na Praça Ipiranga, a partir das 14h, seguindo para Orla do Porto.

Da Redação

Com assessoria

Com o tema “Resistência, Amor e Luta”, acontece neste sábado (16) a 17ª edição da Parada Pela Diversidade Sexual de Cuiabá. Com o apoio da Prefeitura de Cuiabá e do Conselho Municipal de Atenção à Diversidade Sexual, a parada tem como ponto de concentração a Praça Ipiranga, em frente à Prefeitura, a partir das 14h. 

 

(Foto: Prefeitura de Cuiabá)

parada gay.jpg

 

A Prefeitura afirmou que a expectativa é que a comemoração reúna cerca de 20 mil pessoas este ano. Segundo a organização, o trajeto dos trios cruza as avenidas Tenente Coronel Duarte (Prainha) e XV Novembro, do Centro até o Porto. Na Orla, artistas como Seven, Henderson Santana, Almerinda, Pedro Tavares, Bia Trindade,  Daiely Cristina, Wallazi, talentosas Dragas, artistas da cidade de Cuiabá e do interior do Estado, fazem as apresentações, que se estendem até às 23h.

 

Além da festa com celebração cultural, o evento tem ao longo dos anos se apresentado com caráter mais marcadamente político. O presidente do Conselho organizador, Valdomiro Arruda, explica que neste ano, além da sexualidade, o movimento estende o debate também à classe trabalhadora: “vamos abordar questões pertinentes à rotina dos LGBTQI+, especialmente no que diz respeito aos obstáculos enfrentados na área trabalhista”, comentou. 

 

De acordo com o vice-presidente da entidade, Clovis Arantes, o encontro, que já acontece há mais de uma década, é uma maneira de ampliar o espaço de luta, dando visibilidade à causa e levando informação à sociedade. “Continuamos ainda tendo que chamar atenção para o fato de não buscamos privilégios, apenas estamos exigindo igualdade de direitos e respeito às diferenças de cada um”, diz.

 

Além do apoio da Prefeitura, a Parada é realizada pelo Grupo Livremente: Conscientização e Direitos Humanos (LGBTQI), Conselho Municipal de Atenção a Diversidade Sexual de Cuiabá (CMADS) e sob a coordenação geral do Conselho Estadual de Educação, União Brasileira de Mulheres, Mães pela Diversidade e Conselho da Juventude (Conjuv). 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet