Geral Quarta-Feira, 03 de Junho de 2020, 15h:03 | - A | + A

UNIVERSIDADE

Processo eleitoral para escolha de reitor encontra impasse na UFMT

Discussão gira em torno do adiamento da formação da lista tríplice pela segunda vez e até sobre a possibilidade de um interventor ser indicado por Bolsonaro.

Safira Campos

Da Redação

(Foto: UFMT)

UFMT.jpg

 

Com a aproximação do final do mandato do professor Evandro Soares à frente da reitoria da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), em outubro, a escolha do novo reitor tem encontrado impasses na comunidade acadêmica. A discussão gira em torno do adiamento do processo de formação da lista tríplice pela segunda vez e até sobre a possibilidade de um interventor ser indicado pelo presidente da República. 

 

O primeiro adiamento da formação da lista tríplice para escolha do novo reitor da instituição ocorreu em fevereiro deste ano, quando, na tentativa de driblar a Medida Provisória (MP) 914/19, editada por Jair Bolsonaro (sem partido), o Colégio Eleitoral Especial da UFMT decidiu não definir uma Comissão Eleitoral antes que a MP fosse votada pelo Congresso ou caducasse. 

 

A polêmica MP, que perdeu validade na última segunda-feira (01), alterava o rito para a eleição e nomeação dos reitores das instituições federais de ensino, para que o presidente da República pudesse deixar de acatar o nome mais votado da lista tríplice de candidatos apresentada pela instituição. Tradicionalmente, o reitor é escolhido pelo corpo de professores, alunos e funcionários técnicos das instituições, por meio de votação. Os três nomes mais votados, então, compõem uma lista tríplice encaminhada ao presidente. O mais votado, em geral, costuma ter seu nome confirmado pelo presidente para um mandato de quatro anos.

 

O impasse desta vez acontece em razão da pandemia. O grupo de entidades representativas da comunidade acadêmica, composto pela Associação dos Docentes da UFMT (Adufmat), Sindicato dos Trabalhadores Técnicos Administrativos em Educação da UFMT (Sintuf) e Diretório Central dos Estudantes (DCE), se posicionou favorável ao adiamento do processo eleitoral, e portanto, à prorrogação do mandato de Soares, por, pelo menos, até o final do ano. O posicionamento não é, entretanto, unanimidade. 

 

Para a pré-candidata Danieli Backes, professora do Departamento de Administração, o ideal é que o processo tenha logo início, com a formação da Comissão Eleitoral. “É preciso mostrar para o Governo Federal que já estamos trabalhando com a eleição, até para que um reitor pro tempore não seja indicado lá de cima, algo que é possível pela legislação. É necessário que o reitor convoque o Colégio Eleitoral, que seja formada  a Comissão, que os candidatos inscrevam-se e que se dê início o processo. Mesmo que a votação em si só ocorra mais adiante, quando houver condições sanitárias adequadas”, defende. 

 

Já a pré-candidata Tereza Higa, professora do Instituto de Geografia, História e Documentação (IGHD), pondera que a legalidade da decisão de adiamento das eleições deve ser debatida, levando em consideração que na esfera do Executivo a possibilidade de prorrogação de mandato de prefeitos tem sido frequentemente rejeitada, chegando a ser considerada por alguns críticos como ‘estelionato eleitoral’.  

 

“A Universidade faz parte da sociedade e precisa estar atenta a esse tipo de discussão para perceber quais os encaminhamentos mais adequados. O mais importante é buscarmos no coletivo uma saída para o problema que se apresenta. Além disso, o fato é que nós estamos atrasados com um processo que não foi desencadeado e que tradicionalmente é desencadeado um ano antes da escolha em si”, afirma. 

 

A redação do PNBonline tentou contato com o reitor Evandro Soares, mas, até o fechamento desta matéria, não obteve retorno.

 

Leia mais

UFMT a um passo da intervenção

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Silva - 03/06/2020

Parabéns pela matéria, prorrogar mandato só pq as entidades estão defendendo sem consultar as bases, isso não é bom para a democracia que tanto elas defende. Esperamos que o Reitor time as providencias devidas no sentido de encaminhar o processo de eleição.

1 comentários

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet