Geral Terça-Feira, 25 de Junho de 2019, 11h:46 | - A | + A

CONTRA A REFORMA

Profissionais da Polícia Civil de MT aderem à paralisação nacional

Manifestação contra Reforma da Previdência foi convocada pela Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis, que aponta Bolsonaro como “traidor dos policiais”.

Safira Campos

Agência Brasil

Polícia Civil-RJ

 

Delegados, escrivães e investigadores da Polícia Civil de Mato Grosso integram hoje (25), o conjunto de atos organizados pela Confederação Brasileira de Trabalhadores Policiais Civis (Cobrapol) em manifesto contra a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 06/2019, que altera o sistema previdenciário brasileiro. No estado, os profissionais paralisam suas atividades durante a tarde e participam de ato em frente à Secretaria de Segurança Pública.

Segundo Edileusa Mesquita, presidente do Sindicato dos Investigadores de Polícia do Estado de Mato Grosso (SINPOL-MT), a manifestação é um importante aviso de insatisfação da categoria com Reforma da Previdência: “o nosso manifesto é em decorrência do texto apresentado à Câmara e que pode seguir para o Senado. Não há dúvidas de que prejudica a aposentadoria dos policiais civis”, afirmou. 

Para a Cobrapol, a proposta apresentada pelo governo de Jair Bolsonaro (PSL) trai a categoria, que, em certa medida, figurou durante a campanha eleitoral como base para o então candidato: “o governo vem tentando enganar todo mundo com a Reforma da Previdência, já que vários institutos já mostraram que não existe déficit. Em um país que tem mais de 63 mil mortes violentas por ano, uma polícia envelhecida só causará mais mortes. Merecemos dignidade, respeito e iremos lutar por isso. Sofremos um estelionato eleitoral e Bolsonaro tornou-se o grande traidor dos policiais”, afirma André Luiz Gutierrez, presidente da confederação em vídeo publicado no site da instituição. 

Além das manifestações marcadas para hoje em todas as unidades da federação, a categoria deve se reunir em Brasília com outros profissionais da segurança pública no dia 02 de julho, em protesto contra a PEC. 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet