Polícia Quinta-Feira, 06 de Agosto de 2020, 09h:14 | - A | + A

TIROTEIO

Dois homens morrem em confronto com o Bope na capital

Segundo o boletim de ocorrência, os policiais do Bope foram recebidos com tiros durante abordagens rotineiras e reagiram aos ataques. Outros três suspeitos estão foragidos.

Hallef Oliveira

Da redação

PMMT

Policia militar viatura.jpg

 

Dois homens morreram após uma troca de tiros com policiais militares do Batalhão de Operações Especiais (Bope), na noite desta quarta-feira (05), no bairro Altos da Serra, em Cuiabá. Os policiais estavam em viaturas separadas e foram recebidos por disparos de arma de fogo ao se aproximarem de uma região conhecida pelo tráfico de entorpecentes. Armas e drogas foram apreendidos.

 

Segundo informações do boletim de ocorrência, o caso foi registrado por volta de 21h. Os policiais do Bope chegaram no bairro e entre as ruas Amazonas e Coqueiral foram surpreendidos por um grupo armado de cinco suspeitos, que dispararam contra a viatura. Os PMs reagiram à ação e atiraram contra os suspeitos, ficando um deles caído no chão.

 

Em seguida, o restante do grupo fugiu e encontrou uma outra viatura do Bope, houve nova troca de tiros e mais um suspeito foi atingido. Outros três suspeitos que estavam com o grupo conseguiram fugir dos policiais.

 

Os dois suspeitos atingidos foram socorridos pelos próprios policiais militares e encaminhados dentro da viatura para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Planalto. Os homens não sobreviveram aos ferimentos e morreram.

 

PMMT

drogas altos da serra 0608.jpg

 

Em buscas no local, os policiais encontraram dois tabletes de substância análoga a maconha, de aproximadamente dois quilos, além disso, duas armas foram apreendidas, sendo um revólver calibre 38 e uma pistola calibre 380.

 

Até a manhã desta quinta-feira (06), apenas um dos suspeitos mortos havia sido identificado. Maycon Luiz Santana Carvalho, de 21 anos, conhecido pelo crime como “Mayk Torto”. O suspeito possuía três passagens criminais, sendo a primeira no ano de 2015 por roubo seguido de sequestro e, o mais recente, registrado em março deste ano, um furto a um banco em Várzea Grande.

 

Investigações da Delegacia Especializada de Proteção e Homicídio à Pessoa (DHPP) devem dar detalhes sobre o tiroteio. A polícia ainda investiga os outros três suspeitos que fugiram. A Polícia Judiciária Militar também está envolvida no caso, sendo um procedimento padrão para todos os casos que envolvem a morte de suspeitos por policiais.

 

Segundo confronto em uma semana

 

Há cerca de uma semana, na manhã do dia 29 de julho, um confronto entre suspeitos e policiais do Bope deixaram seis homens mortos no bairro Itamaraty, na capital. Na ocasião, os suspeitos iriam assaltar um condomínio de luxo na região e se recusaram a parar em abordagem dos policiais, havendo a troca de tiros em seguida. Entre os mortos estavam um soldado da PM e o filho de um sargento da PM.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet