Polícia Quinta-Feira, 04 de Junho de 2020, 10h:19 | - A | + A

TRÁFICO

Dupla flagrada com 100 kg de droga tenta subornar policiais com R$ 100 mil

Um dos suspeitos foi detido em Várzea Grande e as drogas localizadas em Cuiabá. Advogado da dupla ofereceu a quantia em dinheiro para os policiais.

Hallef Oliveira

Da redação

PMMT

0406 100kg drogas.jpg

 

Dois homens, sem identidade revelada, foram presos por tráfico de drogas na noite desta quarta-feira (03) na região metropolitana de Cuiabá. Sob responsabilidade da dupla foram apreendidos cerca de 100 quilos de skunk (um tipo de maconha). Na tentativa de não serem presos, o advogado de um dos suspeitos ofereceu a quantia de R$ 100 mil aos policiais.

 

Segundo informações do boletim de ocorrência, a primeira abordagem ocorreu no bairro Jardim Potiguar, em Várzea Grande. O homem estava em um carro suspeito com películas escuras, sendo impossível visualizar a parte de dentro do veículo. Ao ser abordado, demorou a parar o veículo e se mostrou extremamente nervoso. Em seu bolso foi encontrado uma quantia de cerca de R$ 1 mil e no carro alguns tabletes de drogas. O suspeito ainda tentou quebrar um de seus dois celulares, sem sucesso.

 

Os policiais seguiram para a residência do suspeito no bairro Júlio Campos, em Várzea Grande, e nada foi localizado. Em seguida, foram até o bairro Jardim Paulicéia, em Cuiabá, onde mais tabletes de maconha foram encontrados escondidos em um saco de ração. Sua avó, dona da casa, informou não saber das atividades ilegais do neto.

 

Logo após, o suspeito informou onde o restante das drogas estaria guardado, e assim foram para o bairro Jardim Comodoro, também em Cuiabá, para a casa de um comparsa. No local, o restante da droga foi encontrado, em várias porções e tabletes inteiros. Materiais utilizados para embalar as drogas e cadernos de anotações de clientes também foram apreendidos.

 

Ao se deslocarem para a Central de Flagrantes, o primeiro suspeito informou que seus familiares iriam chamar seu advogado. Na delegacia, o advogado estava lá e chegou a oferecer para os policiais a quantia de R$ 100 mil para a soltura dos suspeitos, sendo que metade seria paga na hora e outra metade em breve. Os suspeitos foram autuados e responderão por tráfico de drogas, corrupção ativa e constituição de organização criminosa.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet