Polícia Quinta-Feira, 06 de Agosto de 2020, 11h:49 | - A | + A

CERCO POLICIAL

Foragido do Paraná é morto em confronto com a PM

Suspeito era acusado de tentar matar ex-esposa e ex-sogra. Foragido foi encontrado em Peixoto de Azevedo, tentou enfrentar policiais militares e acabou sendo morto.

Hallef Oliveira

Da redação

PMMT

Sirene 2 (2).jpg

 

Adilson Aclides, de 30 anos, foi morto por policiais militares de Peixoto de Azevedo (692 km de Cuiabá) na tarde desta quarta-feira (05), após tentar fugir de um cerco policial. Foragido da Justiça do Paraná por tentativa de homicídio contra sua ex-esposa e ex-sogra, na cidade de São Miguel do Iguaçu, Adilson estaria utilizando documentos falsos na cidade e cometendo outros crimes na região. Sua atual esposa foi presa ao final da ocorrência, por tentativa de obstrução.

 

Segundo informações do boletim de ocorrência, o suspeito já estava sendo investigado pela utilização de documentos falsos. Além disso, na cidade de Nova Guarita (667 km de Cuiabá), o suspeito também tinha outras passagens criminais, como tentativa de homicídio e agressões contra a atual esposa, em uma dela causando um aborto na mulher. Adilson foi alvo de outras tentativas de prisão durante a semana e conseguiu fugir para um mato próximo da fazenda em que ele morava. 

 

Solicitado, o setor de inteligência da PM montou um cerco durante a tarde desta quarta-feira na fazenda onde ele residia com a esposa. Enquanto os policiais preparavam a ação, a esposa do suspeito viu o movimento e alertou o marido para ir embora do local. Adilson rapidamente fugiu do local, entrando no mesmo lugar para onde se escondeu outras vezes.

 

Durante perseguição no mato, o suspeito começou a disparar contra os policiais, que revidaram a ação e o atingiram. O homem foi encontrado pouco tempo depois caído no chão, ainda respirando, foi levado para uma unidade de atendimento médico. Mas devido aos ferimentos, morreu antes mesmo de chegar no local.

 

Ainda em diligência pela região da ocorrência, os militares encontraram um acampamento montado pelo suspeito onde estavam um travesseiro e um cobertor. Uma faca e uma arma de fogo calibre 38 utilizados pelo suspeito foram apreendidos pelos policiais.

 

A esposa do suspeito foi encaminhada para a Delegacia de Peixoto de Azevedo, onde foi indiciada por obstrução. O boletim de ocorrência foi registrado e a ação policial será investigada.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet