icon clock h

Quinta-Feira, 04 de Março de 2021, 11h:41 | - A | + A

SUSPEITO PRESO

Polícia esclarece furto de respiradores do Hospital Regional de Cáceres

Suspeito se apresentou como técnico de manutenção e subtraiu os aparelhos do hospital na última semana.

Da redação

Com assessoria

PJC

respiradores regional caceres.jpeg

 

O furto de respiradores do Hospital Regional de Cáceres (250 km de Cuiabá) foi esclarecido pela Polícia Civil nesta quarta-feira (03.03). Os equipamentos foram furtados na última semana e foram recuperados em uma residência de Cuiabá. O suspeito do crime já havia sido identificado e preso no começo desta semana.

 

De acordo com as informações da Polícia Civil, o furto ocorreu na quinta-feira (25.02) quando o suspeito se apresentou como técnico em manutenção de equipamentos hospitalares, dizendo que faria um orçamento relativo a serviços que seriam prestados à unidade de saúde.

 

Aproveitando o momento de ausência de um funcionário do setor, o suspeito subtraiu alguns equipamentos do Hospital, entre eles um monitor multiparâmetro da marca Cixtal e dois ventiladores pulmonares.

 

O fato foi comunicado à Polícia Civil apenas na segunda-feira (01.03), sendo imediatamente iniciadas as diligências para prisão do suspeito e recuperação dos objetos. Durante as diligências, os policiais de Cáceres conseguiram identificar e prender o suspeito e também descobriram que ele possuía uma residência no bairro Jardim Santa Amália, em Cuiabá, onde objetos furtados poderiam estar escondidos.

 

Com base nas investigações, o delegado de Cáceres, Miguel Macário Lopes, entrou em contato com a equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Cuiabá solicitando apoio para a diligência. No endereço indicado, os policiais da Derf encontraram os equipamentos subtraídos que foram apreendidos e encaminhados para delegacia para as providências cabíveis.

 

Segundo o delegado, como já não estava em situação de flagrante, o suspeito responderá em inquérito policial pelo crime de furto mediante fraude. “As investigações estão em andamento para identificar outros possíveis envolvidos no crime”, disse o delegado.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS




Informe Publicitário






NEWSLETTER

Cadastre-se e fique por dentro dos últimos acontecimentos e relatos do pnbonline.