Polícia Quinta-Feira, 26 de Março de 2020, 14h:28 | - A | + A

CONTROLE

Polícia reforça o policiamento na fronteira com a Bolívia

A PM informa que uma equipe de 20 policiais vai reforçar o controle de entrada e saída do país durante as medidas de restrição por conta do coronavírus.

Da redação

Com assessoria PMMT

PMMT

Gefron-barreira.jpg

 

Com a publicação da Portaria 125 do Governo Federal, que instituiu o fechamento de fronteiras do Brasil com países vizinhos, a Polícia Militar de Mato Grosso têm reforçado o efetivo policial que atua na fronteira com a Bolívia e informa que deslocou uma equipe de 20 policiais de outras cidades para aumentar a fiscalização de entrada e saída do país.

 

Os militares irão atuar conjuntamente com o Grupo Especial de Fronteira (Gefron) enquanto durarem as ações restritivas e de isolamento social como medida de prevenção ao coronavírus.

 

As equipes do Gefron e PM estão trabalhando em postos fixos de fiscalização e em barreiras volantes. Está proibida a entrada de cidadãos da Bolívia, Argentina, Colômbia, República Francesa, Paraguai, Peru, Suriname e Guiana. O trabalho será desenvolvido como parte da “Operação Hórus”, do Programa Vigia, do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

 

A base operacional do grupamento fica no município Porto Esperidião. Outros pontos de fiscalização estão distribuídos na região do Matão (no município de Pontes e Lacerda), Vila Cardoso, Avião Caído (em Cáceres) e Canil Integrado (Cáceres).

 

O subchefe de Estado Maior da Polícia Militar, coronel Wankley Correa Rodrigues, explica que essa é uma maneira de intensificar as ações do Gefron no cumprimento de suas atribuições constitucionais.

 

Nesse momento de crise, observa Rodrigues, a união de esforços é importante no sentido de fazer com que as medidas legais para prevenir a disseminação do coronavírus sejam asseguradas.

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet