Polícia Quinta-Feira, 30 de Julho de 2020, 10h:02 | - A | + A

SORRISO

Presos acusados de envolvimento na morte de DJ

Outros dois suspeitos são investigados pela Polícia Civil de Sorriso, um está preso em uma cadeia do Estado e outro foi considerado foragido.

Da redação

Com assessoria

PJC

policia civil.jpg

 

Duas pessoas foram presas por envolvimento na morte de Renan Eidt, mais conhecido como DJ Dudinha, nesta quarta-feira (29), em Sorriso (420 km de Cuiabá). A Polícia Civil da cidade deflagrou uma operação que cumpriu seis ordens judiciais contra os suspeitos do crime. Outras duas pessoas ainda estão sendo investigadas.

 

O crime ocorreu na noite de 22 de junho, no bairro São Mateus. Na ocasião a vítima, de 37 anos, estava em um estabelecimento comercial quando chegaram dois homens armados e efetuaram diversos disparos de arma de fogo. O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado, porém a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

 

Logo após os fatos, a equipe da Polícia Civil iniciou as investigações conseguindo chegar a suspeitos de envolvimento no crime, que tiveram as ordens judiciais de buscas e apreensão e de prisão temporária representadas pelo delegado Nilson André Farias.

 

Segundo as investigações, a família da vítima é ligada a uma facção criminosa e o crime teria sido motivado pelo fato de ele ter agredido a sua namorada e ameaçado de morte o irmão dela.

 

Reprodução

DJ Sorriso Renan Eidt.jpeg

Renan Eidt, 37 anos, morreu assassinado na noite do dia 22 de junho, em Sorriso.

Na operação desencadeada nesta quarta-feira (29) foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão domiciliar e dois mandados de prisão temporária, além de serem apreendidos quatro dispositivos telefônicos que auxiliarão as investigações

 

 

Um terceiro mandado de prisão será cumprido contra um detento do presídio município e um quarto suspeito continua foragido.

 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet