icon clock h

Terça-Feira, 08 de Junho de 2021, 09h:17 | - A | + A

CONFRONTO

Suspeito foge de abordagem e morre baleado pela PM

Suspeito foi baleado após sacar uma arma de fogo para enfrentar os PMs. Outros dois homens foram presos por ameaças e desacatos contra os militares.

Hallef Oliveira

Da redação

PM-MT

Polícia Militar

 

Um homem identificado como Enivon Fernandes Ribeiro, de 36 anos, morreu baleado pela Polícia Militar de Vila Rica (1.276 km de Cuiabá), na noite desta segunda-feira (07.06). O suspeito resistiu a uma abordagem policial e fugiu pelas ruas da cidade em alta velocidade. Outros dois homens, que estavam no carro, foram presos por ameaça e desacato contra os PMs.

 

Segundo informações do boletim de ocorrência, o caso foi registrado por volta das 22h30. Os militares estavam em rondas pelo setor norte da cidade e flagraram o momento em que um veículo saiu em alta velocidade. Os PMs tentaram o procedimento de abordagem, mas o motorista fugiu.

 

Ainda de acordo com o boletim, os policiais insistiram na abordagem com sinais sonoros e luminosos, enquanto o carro fugia em alta velocidade realizando manobras perigosas, quase capotando diversas vezes. Em uma das manobras, o motorista acabou parando de frente para a viatura, o suspeito tentou dar ré no carro, sem sucesso.

 

Imediatamente os militares solicitaram que os ocupantes deixassem o veículo, mas o motorista ainda resistiu, abriu a porta do carro e colocou a mão na cintura tentando puxar uma arma. Ao ver o movimento, um dos policiais efetuou um disparo de arma de fogo contra o suspeito, que atingiu seu tórax. Uma arma de calibre 32 e três munições foram apreendidas.

 

Uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) esteve no local e fez o resgate do suspeito, que foi encaminhado para uma unidade de saúde da cidade.

 

Ao verem o amigo saindo com a ambulância, os outros dois suspeitos começaram a desferir ameaças contra os policiais. Em outro momento, os suspeitos também desacataram os militares. Os dois homens foram presos por ameaça e desacato.

 

No registro do boletim de ocorrência, os homens afirmaram que o suspeito baleado era gerente de uma fazenda no Estado do Pará e que por isso andava armado. Eles ainda disseram que o suspeito tomava medicamentos controlados e estava alcoolizado, e que pediram para ele parar o carro, mas não foram obedecidos.

 

Ao fim da ocorrência, os profissionais da unidade de saúde ligaram para a PM e informaram que Enivon não havia resistido aos ferimentos e estava morto.

 

O caso está sendo investigado pelas autoridades judiciárias militares, por envolver morte por intervenção de agente do Estado. 

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS




Informe Publicitário






NEWSLETTER

Cadastre-se e fique por dentro dos últimos acontecimentos e relatos do pnbonline.