Política Quarta-Feira, 25 de Março de 2020, 16h:06 | - A | + A

CRISE ENTRE PODERES

‘Me preocupa a forma como ele conduz o país’, diz Jayme após discurso de Bolsonaro

Senador mato-grossense reclamou do teor do discurso do presidente com relação à prevenção do coronavírus.

Ana Adélia Jácomo

Da Redação

(Foto: Robson Silva/Secom-VG)

jayme

 

O senador Jayme Campos (DEM) classificou nesta quarta-feira (25) as declarações do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) como “preocupantes” e com poder de “desmobilizar as pessoas”.

 

Em pronunciamento oficial realizado na noite anterior, Bolsonaro minimizou os impactos causados pela disseminação do coronavírus (Covid-19) e criticou as medidas adotadas pelos estados em impor o isolamento social como prevenção. O presidente, contrariando as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS), pediu a "volta à normalidade" e o fim do "confinamento em massa".

 

“Me preocupa a forma como ele está conduzindo o país nesse momento de crise. Foi um exagero por parte do presidente aquela declaração. Desmobilizar tudo aquilo que já está organizado pelo Brasil e ele praticamente destituiu as instituições de saúde”, reclamou Jayme Campos em entrevista ao PNBOnline.

 

O presidente afirmou que a quarentena poderá levar o país a uma crise econômica sem precedentes, uma vez que os comércios foram fechados para evitar aglomerações. “Então, por que fechar escolas? Raros são os casos fatais de pessoas sãs, com menos de 40 anos de idade. E 90% de nós não teremos qualquer manifestação caso se contamine”, disse Bolsonaro.

 

Jayme entende a preocupação de Bolsonaro, no entanto, acredita que a prioridade é conter o avanço da doença que já matou mais de 17 mil pessoas pelo mundo. “Por outro lado, ele demonstra muita preocupação com a economia, mas na fala ele saiu um pouco fora do quadrado. Exagerou um pouco e debochou”, disse o senador por Mato Grosso.

 

Bolsonaro criticou de forma veemente a imprensa brasileira. De acordo com ele, os veículos de comunicação são responsáveis por espalhar “histeria”. Jayme Campos rebateu o presidente e avaliou que Bolsonaro parece não gostar da imprensa pelo fato de nem sempre serem dadas informações da forma como ele quer.

 

“Ele criticou muito a imprensa. Quanto à imprensa, nada mais é do que quem leva a informação ao cidadão. A sensação que a gente tem é que o problema dele é com os veículos de comunicação, é fazer com que os veículos só falem o que ele quer ouvir”, avaliou Jayme.

 

Leia mais:

 

Mendes descarta ‘conselho’ de Bolsonaro e diz que restrições continuam em MT

 

Emanuel diz que discurso de Bolsonaro causa angústia e confunde a população

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet