Política Segunda-Feira, 29 de Junho de 2020, 15h:40 | - A | + A

PANDEMIA

Emanuel prorroga toque de recolher e deve anunciar quarentena

Ana Adélia Jácomo

Da Redação

Secom-MT

Vista aérea de Cuiabá

 

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), publicou um novo decreto nesta segunda-feira (29) e determinou que ficará mantido o toque de recolher das 22h30 às 5h até esta quarta-feira (1), quando serão divulgadas novas medidas que endurecem ainda mais o isolamento social.

 

A prefeitura irá declarar a quarentena coletiva obrigatória, que veta a circulação de pessoas nas ruas da capital. A medida é o cumprimento de ação judicial movida pelo Ministério Público e acatada pelo Tribunal de Justiça.

 

De acordo com o último balanço divulgado pela Prefeitura de Cuiabá, neste domingo (28), havia 4.412 casos confirmados da covid-19 na cidade, dos quais 842 pessoas são de outros municípios mas estão em tratamento na capital. Foram registrados, até o momento, 159 óbitos.

 

Devido ao aumento exponencial dos casos confirmados de covid-19, o juiz José Luiz Leite Lindote determinou que as cidades de Cuiabá e Várzea Grande adotem uma quarentena coletiva obrigatória por 15 dias. O confinamento se torna obrigatório e fica proibida a circulação de pessoas e atividades nas ruas, com exceção de quem exerce trabalhos essenciais.

 

Ficará proibida qualquer atividade de lazer ou evento que cause aglomeração, tais como shopping center, shows, parques, jogos de futebol, cinema, teatro, bares, restaurantes, casa noturna e congêneres, festas e confraternizações familiares e congêneres, ainda que realizadas em âmbito domiciliar.

 

Além de Cuiabá, a cidade de Várzea Grande também deverá adotar as mesmas medidas, segundo a decisão judicial.

 

A decisão judicial tem causado dúvidas por estar sendo confundida com o lockdown. Contudo, a medida mais extrema de isolamento se difere pelo fechamento do espaço aéreo, ruas e estradas, o que não ocorrerá em Cuiabá e Várzea Grande.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet