Política Quarta-Feira, 02 de Janeiro de 2019, 13h:18 | - A | + A

OPERAÇÃO SANGRIA 2

Ex-adjunto de Emanuel que estava foragido há 14 dias se entrega à Polícia

Flávio deve passar por audiência de custódia ainda na tarde desta quarta-feira, no Fórum de Cuiabá

JULIANA GROU

DA REDAÇÃO

 

O ex-secretáro adjunto de Saúde, Flávio Alexandre Taques da Silva, alvo da segunda fase da Operação Sangria, se entregou na Gerência Estadual de Polinter (Gepol) na manhã desta quarta-feira (2). Flávio estava foragido há 14 dias e teria queimado documentos antes de fugir de seu apartamento. Os papéis queimados foram encontrados pelos policiais da Delegacia Fazendária dentro da churrasqueira na residência de Flávio, durante buscas em dois endereços.

 

Segundo informações da Polícia Civil, Flávio se apresentou por volta das 9h da manhã, acompanhado por um advogado. Ele deve passar por audiência de custódia ainda na tarde desta quarta-feira, no Fórum de Cuiabá.

 

LEIA MAIS: Ex-secretário de Emanuel e mais seis são presos em operação da Polícia Civil

Ex-adjunto de Saúde queimou documentos antes de fugir

TJ solta Huark Correia, um dos alvos da "Operação Sangria"

 

A investigação da operação Sangria apura fraudes em licitação, organização criminosa e corrupção ativa e passiva, referente a condutas criminosas praticadas por médicos/administrador de empresa, funcionários públicos e outros, tendo como objeto lesão ao erário público, vinculados a Secretaria de Estado de Saúde e a Secretaria Municipal de Saúde, através de contratos celebrados com as empresas usadas pela organização, em especial, a Proclin e a Qualycare.

 

O ex-secretário de Saúde de Cuiabá, Huark Douglas Corrêa e o sócio da ProClin Luciano Correa Ribeiro foram presos na operação. Os dois foram soltos no último dia 28.

 

Segundo a apuração, a organização mantém influência dentro da administração pública, no sentido de desclassificar concorrentes, para que ao final apenas empresas pertencente a eles (Proclin/Qualycare) possam atuar livremente no mercado, “fazendo o que bem entender, sem serem incomodados, em total prejuízo a população mais carente que depende da saúde pública para sobreviver”.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet