Política Quarta-Feira, 13 de Março de 2019, 16h:32 | - A | + A

DEPOIMENTO NA CÂMARA

Ex-diretor da Santa Casa nega compra de equipamento superfaturado

Antônio Preza rebateu informações de presidente de sindicato durante depoimento na Câmara

DOUGLAS TRIELLI/FERNANDA TRINDADE

DA REDAÇÃO/DA REPORTAGEM

Ednei Rosa - Câmara Municipal

antonio preza

O ex-diretor da Santa Casa de Misericórdia, Antônio Preza

O ex-diretor da Santa Casa de Misericórdia, Antônio Preza, negou que haja superfaturamento na compra de um equipamento de ressonância magnética, no valor de 2,5 milhões. A declaração foi dada em depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Filantrópicos, na Câmara Municipal, na tarde desta quarta-feira (13).

 

A possibilidade de superfaturamento foi divulgada pelo presidente do Sindicato dos Profissionais de Enfermagem de Mato Grosso (Sinpen), Dejamir Souza Soares, à rádio Capital FM. Ele afirmou que a Santa Casa adquiriu os equipamentos, que saiu da fábrica, mas não chegaram em Cuiabá. E que há rumores de que tenha ido para unidades de Saúde de Primavera do Leste.

 

No depoimento, Preza disse que o contrato estabelecia que o aparelho somente chegaria à unidade filantrópica após a quitação de sua compra. Ele afirmou que foi fechado um acordo com o Governo do Estado para a compra do equipamento.

 

“Esse equipamento não foi comprado com dinheiro de emenda parlamentar, foi comprado por dinheiro de receita do Hospital. Então, compramos e tínhamos o compromisso do governador de repasse para o pagamento disso. Fizemos parcelas e o equipamento só chegaria com a quitação desse equipamento. Hoje, faltam pagar R$ 500 mil para o equipamento vir para a Santa Casa”, explicou após ser questionado pelo vereador Toninho de Souza (PSD).

 

O ex-diretor disse, ainda, que o alto valor se deve a uma série de fatores que agregaram ao custo do equipamento.

 

“O valor final chegou a isso, porque temos o transporte do equipamento, o custo, a instalação, Mas tudo isso está documentado”, disse.

 

Leia também:

Santa Casa pode estar sendo usada para possível lavagem de dinheiro

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet