Política Quarta-Feira, 03 de Janeiro de 2018, 15h:22 | - A | + A

SEMPRE POLÊMICO

Galli dispara: "Pra mim homem pintar a boca de batom é sem-vergonhice"

Para Victorio Galli, homossexualismo é "falta de vergonha na cara"

LAICE SOUZA

DA REDAÇÃO

 

Com opinião formada contra os homoafetivos, o deputado federal Victório Galli (PSC) sempre causa polêmica quando o assunto é família. Para o parlamentar, família é formada por um casal composto por um homem, uma mulher e os filhos. Nessa linha, segundo o parlamentar, todo relacionamento fora desse padrão não pode ser considerado família.

Para defender suas ideias e convicções, o deputado tem declarado guerra, por exemplo, contra a Disneylândia, que para ele propaga o que ele chama de "cultura do homossexualismo", com seus personagem como Mickey Mouse e o Rei Leão, e também contra a TV Globo, que estaria influenciando jovens e adolescentes a se "tornarem homossexuais".


"Ela [Disney] continua fazendo apologia ao homossexualismo com seus personagens. Agora ela está de portas abertas. E não só ela, mas a Globo [TV Globo] também. Agora que a Globo abriu as portas, parece que gostou de ter falado nisso. Agora as novelas virou um cacareco danado. É gay prum canto, é gay saindo do armário, é gente pulando, tá uma bagunça. E na realidade o que estão fazendo é aumentando o exército [de gays] para destruir famílias. E o meu compromisso vai continuar na luta contra isso" (sic), disparou.


Em entrevista nesta quarta-feira (3) a Rádio Capital, no Jornal da Capital, o deputado afirmou que prefere ser considerado polêmico. "Se defender a família for polêmico, serei polêmico a vida toda", completou. Ao ser questionado sobre posições, como do Papa Francisco, que  afirmou que os homossexuais seriam acolhidos por Cristo, ele completou: "Essa é a opinião dele. Eu tenho a minha. Não sou Maria vai com as outras. Eu tenho a minha posição e vou defender ela" (SIC).


"Pra mim um homem pintar a boca de batom é sem-vergonhice. Pra mim um homem vestir calcinha de mulher e tirar foto vá tomar banho na soda. Isso é falta de vergonha na cara, de formação. Esse cara não teve formação de família. Isso não é natural. A natureza criou macho e fêmea, pronto e acabou. Agora pode ter um distúrbio disso ai cientifico. O cara nasceu com a vagina e com o pênis e vamos lá medir os hormônios. Se o cara tem mais hormônios femininos tira o pênis e deixa a vagina. Tem como corrigir isso. O problema é que as pessoas estão com isso na cabeça, tem barba e quer ser mulher? (...) não funciona. Isso é uma vergonha", disse. Ele ainda acrescentou que  o "Império Romano foi destruído por causa do homossexualismo" (sic).

 

 

 

VÍDEO

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet