Política Quarta-Feira, 13 de Março de 2019, 15h:15 | - A | + A

NÃO QUER INTERDIÇÃO

Santa Casa: Emanuel quer acabar com imagem da Instituição

Nesta quarta-feira (13) às 14h, a Câmara Municipal recebe o ex-diretor da Santa Casa, Antônio Preza para prestar esclarecimentos a CPI

FERNANDA TRINDADE

DA REDAÇÃO

 

O vereador Toninho de Souza (PSD) afirmou que assinou a interdição da Prefeitura na Santa Casa de Misericórdia, mas que conversou com Emanuel Pinheiro (MDB) e soube que o prefeito prefere não interferir nessa situação. Isso porque, segundo Emanuel, a Santa Casa acha que o prefeito quer acabar com a imagem da Instituição Filantrópica. 

 

“Estudos internos da Câmara e buscando a jurisprudência, a intervenção seria pelo prefeito Emanuel Pinheiro, mas conversamos com o prefeito e ele deixou claro que não quer decretar essa intervenção, porque ele acha que existe uma imagem que acha que ele quer acabar com a Santa Casa”, destacou.

 

Toninho, que faz parte da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Filantrópicos, anunciou que nesta quarta-feira (13) a CPI traz o ex-diretor da Santa Casa, Antônio Preza, para prestar esclarecimentos. Dependendo do que for dito por Preza, os vereadores têm até a próxima segunda-feira (18) para decidir se indicam a interdição. 

 

De acordo com o vereador, uma interdição também aconteceu na Santa Casa de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, porque a Instituição de lá estava com o mesmo problema de dívidas e gestão que Cuiabá. Toninho disse que hoje a Santa Casa de Campo Grande conseguiu sair do problema da falta de recursos e dívidas e que está de portas abertas. 

 

“Isso já aconteceu em Campo Grande, porque lá a Santa Casa entrou um promotor de justiça aposentado e hoje a Santa Casa de lá caminha nos trilhos. Em Cuiabá, criamos o movimento de ‘Santa Casa de portas abertas’ para reabrir a Santa Casa e ainda acredito nesta ação”, ressaltou.

 

O parlamentar ainda afirmou que o principal problema da Santa Casa é o enfreamento de uma forte resistência e que a credibilidade piora o problema de gestão interna. Toninho ainda disse que o interventor deverá ser uma pessoa neutra, totalmente desvinculada da Santa Casa e da Prefeitura.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet