icon clock h

Quarta-Feira, 12 de Maio de 2021, 14h:51 | - A | + A

POLÍTICA NA PANDEMIA

Vereadores querem homenagear Bolsonaro com título de cidadão cuiabano

O projeto foi apresentado pelos vereadores Wilson Kero Kero (Podemos) e Kassio Coelho (Patriota), ambos de partidos que fazem base de apoio do presidente.

Ana Adélia Jácomo

Da Redação

Câmara de Cuiabá

 

A Câmara de Vereadores de Cuiabá deve apreciar em plenário o Projeto de Lei 002/2021 que prevê a concessão do título de cidadão cuiabano ao presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido).

 

O projeto foi apresentado pelos vereadores Wilson Kero Kero (Podemos) e Kassio Coelho (Patriota), ambos de partidos que fazem base de apoio do presidente.

 

No Portal da Câmara não há a descrição com a justificativa do projeto, e nem a data prevista para a votação em plenário. A reportagem tentou contato com os parlamentares, mas os celulares estavam desligados ou fora de área.

 

As reações contrárias ao projeto tomaram força, principalmente nas redes sociais. A vereadora Edna Sampaio (PT) foi uma das parlamentares da Casa que foram a público criticar a iniciativa.

 

“Nós não merecemos passar por isso, porque mal tivemos tempo de velar e enterrar mais de 400 mil brasileiros e brasileiras, que morreram em decorrência da covid-19, sendo também consequência desse governo pautado na necropolítica vigente. Se você elegeu esses vereadores, reajam, não podemos ser motivos de chacota mundial”, disse ela.

 

As demonstrações de apoio dos aliados ao presidente ocorrem em todo país. Nós últimos dois finais de semana, o próprio Bolsonaro liderou manifestações em Brasília que reuniu centenas de pessoas, sem máscaras e sem distanciamento social.

 

O presidente busca autoafirmar sua governabilidade em meio à CPI da Covid, que apura omissões, irregularidades e possíveis crimes praticados por ele no curso da pandemia, como a recusa em cumprir protocolos de biossegurança.

Sem título.jpg

 

 

Bolsonaro, apesar de crise em Brasília, tem em Mato Grosso como um dos currais eleitorais. Apoiado pelo agronegócio, que movimenta o PIB brasileiro, ele encontra apoio que será demonstrado neste sábado (15.05) com a mobilização “Movimento Brasil Verde e Amarelo”.

 

O presidente do Sindicado Rural de Sinop, Ilson José Redivo, organiza o evento, que será o terceiro final de semana seguido de manifestações em Brasília. No interior de Mato Grosso é comum encontrar outdoors de apoio ao presidente em pontos estratégicos das cidades produtoras.

 

Um grupo intitulado como Fechado com Bolsonaro faz homenagens com frases como: “Presidente, siga em frente, Primavera do Leste reconhece o seu trabalho”, e “Democracia começa respeitando o resultado das urnas. Somos mais de 57 milhões”. Em Guarantã do Norte, um outdoor diz: “Supremo é o povo”. As manifestações seguem ocorrendo em diversas cidades, como Primavera do Leste, Sorriso, Lucas do Rio Verde e demais regiões.

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS




Informe Publicitário






NEWSLETTER

Cadastre-se e fique por dentro dos últimos acontecimentos e relatos do pnbonline.