TV PNB Segunda-Feira, 11 de Março de 2019, 12h:12 | - A | + A

COMENTÁRIO

Acertadamente, TJ recusou liminar em desfavor de Maluf

DA REDAÇÃO

 

A decisão do desembargador Paulo da Cunha, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, de negar o mandado de segurança protocolado pelo Ministério Público contra decisão que possibilitou a posse de Guilherme Maluf como conselheiro do Tribunal de Contas do Estado foi destaque nesta segunda-feira (11) no comentário do jornalista Antero Paes de Barros, durante abertura do Jornal da Capital 1ª edição, da rádio Capital FM 101.9.

 

Um dos requisitos do mandado de segurança é o periculum in mora, ou o perigo da demora, o que inexiste no caso, já que o TJ julgará na próxima semana. 

 

"Então, não tem o porque conceder uma liminar em cima de um assunto que o Tribunal vai decidir o mérito na semana vindoura", disse o jornalista. Confira a íntegra do comentário:

VÍDEO

VOLTAR IMPRIMIR

COMENTÁRIOS

Copyright 2018 PNB ONLINE - Todos os direitos reservados. Logo Trinix Internet